Parlamentar cobra construção de Delegacia da Mulher em Parintins

Após uma adolescente ter sido encontrada morta com sinais estrangulamento e violência sexual em Parintins (a 369 quilômetros de Manaus), a presidente da Comissão da Mulher, das Famílias e do Idoso da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputada estadual Alessandra Campêlo (MDB), cobrou a construção de uma Delegacia da Mulher no município.

“Recebi a vereadora Vanessa Gonçalves, presidente da Comissão da Mulher no município, que me relatou do bárbaro crime contra uma adolescente de 14 anos, no bairro Itaúna, em Parintins”, disse a deputada.

Alessandra explicou que a vereadora falou sobre a revolta das mulheres em Parintins diante do crime da jovem, que estava desaparecida antes de ser encontrada morta com sinais de violência sexual.

“A adolescente foi encontrada com a saia levantada, com sinais de estrangulamento e violência sexual. Esse é um crime bárbaro, que não pode ficar sem solução. Desde o início do meu mandato venho trazendo para discussão dos meus colegas deputados, a possibilidade construção de uma delegacia da mulher em Parintins”, afirmou Campêlo.

Conforme a parlamentar, não existe desculpas para uma cidade no tamanho da de Parintins não ter uma Delegacia da Mulher. “Isso não é um problema de um único governo, é um problema de todos os governos que passaram e não fizeram nada”, concluiu Alessandra.

A deputada enfatizou que é preciso que se garanta no orçamento do Estado recursos para construção da Delegacia da Mulher em Parintins, para atender as mulheres, com corpo técnico e peritos criminais. A parlamentar disse que irá reforçar para que o recurso seja incluso no orçamento do ano que vem.

Com informações da assessoria da deputada