Participação de professores na discussão do Plano de Cargos e Carreiras é defendida por Luiz Castro

O deputado Luiz Castro (Rede) apresentou um requerimento, junto à Secretaria de Estado de Educação e Qualidade de Ensino do Amazonas (Seduc), pedindo a participação de professores na discussão do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR) da categoria.

No documento, o parlamentar pede a criação de uma comissão especial, no qual inclui membros das delegacias do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Amazonas (Sinteam) dos municípios, para colaborar na elaboração de um estudo de reestruturação do PCCR.

O requerimento é resultado da reivindicação de professores residentes no interior do Amazonas que solicitaram a intermediação de Luiz Castro, junto à secretaria para que as comissões contém, inclusive com a participação de educadores aposentados, para tratar da reestruturação do Plano.

Segundo eles, o Plano não é revisado há cerca de cinco anos e apenas os membros da direção do Sinteam, em Manaus, são escolhidos para participar de comissões criadas pela Seduc, não levando em consideração os representantes do próprio sindicato, que residem no interior do Estado.

Luiz Castro destaca que o PCCR é um dos mais importantes instrumentos para orientar a administração dos recursos humanos, na tomada de decisões relacionadas à remuneração e à carreira dos profissionais da educação.

“O PCCR contribui em vários aspectos de interesse direto da organização, a apreciação, a atualização e equalização da estrutura de cargos e salários, além da valorização profissional dos trabalhadores em educação, por isso precisa ser elaborado com a participação daqueles que conhecem a realidade do ensino no interior”, defende Luiz Castro.

Com informações da assessoria do deputado