Passagens de barco para interior serão vendidas na galeria dos Remédios

A partir de agora, os passageiros que precisarem viajar de barco para o interior do Amazonas poderão comprar o bilhete de passagens fluviais na galeria dos Remédios, no Centro da capital. Ao todo, 11 guichês de vendas serão disponibilizados pela Prefeitura de Manaus no espaço.

Os vendedores, que durante anos atuaram na avenida Manaus Moderna, deixam as calçadas e passam a atender em dois espaços, dentro do centro de compras.

“Eles vão trabalhar com toda segurança e de forma organizada, oferecendo mais conforto para os passageiros que utilizam as embarcações que saem da orla da Manaus Moderna para o interior do Amazonas e até para outros Estados”, destacou o titular da Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc), Fábio Albuquerque.

Para o presidente da Associação dos Vendedores de Passagens Fluviais, Altair Ribeiro, a mudança chega em forma de benefício para a categoria, porque o espaço vai oferecer segurança tanto para o passageiro quanto para o vendedor.
“O serviço centralizado, vai facilitar a vida do passageiro. Ele vem, escolhe o destino e compra a passagem, de forma segura, sem pegar sol ou chuva.

E vamos começar a operar aqui, na Galeria dos Remédios, com a venda de bilhetes eletrônicos, o que vai proporcionar aos órgãos públicos, um controle maior sobre quem sai e quem chega na nossa cidade, pelas embarcações”, enfatizou Altair.

Outra inovação do setor é o serviço de recebimento e despacho de encomendas para o interior e até para fora do Estado, que segundo o responsável, movimenta aproximadamente 250 volumes por dia.

“Antes, as pessoas que mandavam suas encomendas, tinham que ir direto às embarcações, passar por um certo transtorno, desconforto e insegurança. Hoje, a pessoa vem direto aqui, recebe ou despacha a sua encomenda e nós nos encarregamos de buscar ou entregar os volumes nos barcos, com toda garantia e credibilidade que o cliente merece. Mas, inicialmente, vamos trabalhar somente com os municípios do baixo Amazonas, saindo de Manaus até Belém, no Pará”, afirmou Elson Dias, responsável pelo serviço.

Estrutura

As duas novas etapas da Galeria dos Remédios, que vão ser entregues nos próximos dias, já estão abertas ao público. Além do serviço de vendas de passagens e encomendas, o centro de compras, que possui elevadores e escadas rolantes para facilitar a acessibilidade, passa a contar com 501 lojas, duas praças de alimentação, salas de cursos de qualificação profissional e de idiomas, agência dos Correios, auditório para até 150 pessoas, terminais de saque 24 horas, mirante, com vista para o rio Negro, e um restaurante regional.

Também já está funcionando na galeria dos Remédios, a Central de Artesanato oriunda da praça Tenreiro Aranha, que provisoriamente funcionou na avenida Floriano Peixoto, atraindo turistas de várias partes do mundo. Uma área para o estacionamento exclusivo de ônibus de turistas já foi reservada e sinalizada, na rua Miranda Leão.

A galeria dos Remédios está localizada na rua Miranda Leão, com entrada também pela rua Marquês de Santa Cruz, próximo ao mercado Adolpho Lisboa. As lojas e praças de alimentação funcionam de segunda a sábado, de 8h às 17h, mas o serviço de vendas de passagens e encomendas, funciona todos os dias, de 5h30 às 17h. Nos domingos, o serviço começa às 5h30 e encerra às 14h.