Pauta no Radar: prefeitos do interior do Amazonas são coagidos a assinar manifesto pela reeleição de Wilson Lima

Foto: Diego Peres

Uma pauta das reuniões que vêm sendo realizadas pelo governador Wilson Lima com prefeitos do interior, a qual o Radar Amazônico teve acesso, desmente todas as notícias divulgadas pelos sites oficiais, e por vários veículos de comunicação induzidos ao erro pelos releases do governo do Amazonas, de que o tema dessas reuniões seria a vacinação contra a Covid-19. A pauta da reunião anunciada para esta terça-feira (18) com os prefeitos sequer cita a vacinação no interior do Estado. (ver pauta no final da matéria)

Na pauta estão tratativas com os prefeitos para distribuição de recursos, como por exemplo, a “partilha do FTI (Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura, Serviços e Interiorização do Desenvolvimento do Amazonas (FTI) – aquele mesmo que o governo de Wilson Lima já usou da forma que bem entendeu, inclusive pra pagar o peladão e o Carnaval.

Também estão na pauta obras a serem feitas pelo governo de Wilson Lima nos municípios, como por exemplo “reformas e ampliações das escolas estaduais e dos hospitais”. Outro assunto em pauta são termos de cooperação para “manutenção de rodovias estaduais”, assim como convênios para serviços de “infraestrutura e asfaltamento, recapeamento, tapa buracos, calçadas, meio fio e recuperação de ramais”.

Tem até convênio para a distribuição de cestas básicas na pauta de reunião e, como derradeiro assunto em pauta (número oito), está à realização de um “manifesto de apoio à reeleição”, que expõe uma clara, ilegal e nada ética, coação aos prefeitos do interior do Amazonas por parte do governador, no início do ano eleitoral.

Ou será que alguém acha, que se os prefeitos não assinarem o manifesto, pela reeleição do governador, será que vão receber esses recursos, obras e convênios?