PC prende dupla acusada de desviar 20 toneladas de asfalto destinada a pavimentação do Santa Etelvina

Imagem ilustrativa

Manuel Valério e Benedito Machado de Morais, foram presos durante uma operação deflagrada Polícia Civil nessa sexta-feira (23), pelo desvio de 20 toneladas de asfalto do Distrito de Obras do bairro Santa Etelvina, zona Norte de Manaus. A ação foi coordenada pela Delegacia Especializada em Combate à Corrupção (Deccor).

O balanço da operação foi apresentado durante coletiva de imprensa, realizada na sede da Delegacia Geral, na avenida Pedro Teixeira, bairro Dom Pedro, zona Centro-Oeste. Estiveram presentes o delegado-geral adjunto da PC-AM, Tarson Yuri Soares; o delegado Guilherme Torres, titular da Deccor; o secretário-chefe da Casa Militar, tenente William Dias; além do subsecretário de serviços básicos da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), Egleuson Santiago.

Conforme o delegado Guilherme Torres, as equipes receberam as informações sobre a ação criminosa, deslocaram-se ao endereço e montaram campana. No local, avistaram o material sendo descarregado em caminhões, que fariam o transporte, momento em que os policiais realizaram a abordagem e efetuaram a prisão, em flagrante, dos indivíduos.

“Com essas prisões, vamos dar andamento às investigações para descobrirmos quem seriam os compradores finais do material, bem como quem coordenava os desvios. Tudo será apurado no decorrer do Inquérito Policial (IPL)”, enfatizou Torres.

A ação contou com o apoio da Casa Militar do Município e da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf). Conforme o tenente William Dias, não é a primeira ação em que o órgão opera em conjunto com a DECCOR, para investigar e punir crimes que lesam o patrimônio público.

“Hoje, mais uma vez, alcançamos êxito com a prisão desses homens que desviavam asfalto da prefeitura de Manaus. Essas 20 toneladas foram desviadas de seu destino, que seria o bairro Alvorada, forçando as equipes a ficarem paralisadas. Além dos R$ 9 mil estimados, temos o dano à população, que teriam as ruas asfaltadas”, acrescentou Dias.

Procedimento

Manuel Valério e Benedito foram autuados por peculato e ao término dos trâmites cabíveis serão levados para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficarão à disposição da Justiça.

(*) Com informações da Secom