Peixeiro morre após ser baleado na cabeça em Iranduba (AM)

O peixeiro chegou a ser levado para o Hospital João Lúcio, na zona Leste de Manaus, mas não resistiu aos ferimentos

peixeiro iranduba

Foto: Reprodução

O peixeiro Magno Medeiros Cascais, de 36 anos, morreu após ser baleado na cabeça no Distrito de Cacau Pirêra, em Iranduba (a 19 quilômetros de Manaus), no último sábado (2).

De acordo com uma testemunha, que preferiu não se identificar, por volta das 22h, o peixeiro caminhava na avenida Amazonino Mendes, no Cacau Pirêra, em direção a uma parada de ônibus. Logo em seguida, Magno foi abordado por um homem desconhecido.

O homem sacou uma arma e atirou diversas vezes na cabeça do peixeiro e fugiu após a execução do crime. A vítima chegou a ser levada com vida para o Hospital e Pronto Socorro João Lúcio, na zona Leste da capital, mas morreu na unidade de saúde.

A testemunha relatou que Magno Medeiros era uma pessoa querida no Distrito do Cacau Pirêra e não sabe porque ele foi morto. O caso será investigado pela Polícia Civil do Amazonas (PC-AM).