Pessoas imunossuprimidas recebem a terceira dose da vacina contra a Covid-19 em Manaus (ver vídeo)

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) definiu quais pessoas devem receber a terceira dose do imunizante contra a Covid-19

covid-19 vacina

Foto: Reprodução

Manaus iniciou na manhã desta quinta-feira (30) a nova etapa de vacinação contra a Covid-19: aplicação da terceira dose do imunizante para pessoas imunossuprimidas. Conforme a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), a estimativa é vacinar mais de 7 mil pessoas nessa fase.

As pessoas imunossuprimidas são aquelas que têm uma falha no sistema imune. Quando as defesas do organismo não funcionam adequadamente ou não ocorrem como deveriam, o que o deixa mais desprotegido e vulnerável a infecções como a Covid-19.

Diferente dos idosos a partir dos 70 anos, que estão recebendo a dose de reforço com um intervalo de pelo menos seis meses da segunda dose, as pessoas imunossuprimidas devem receber a dose extra com, no mínimo, 28 dias após a última dose de conclusão do esquema básico da vacinação.

A titular da Semsa, Shádia Fraxe, ressaltou que as pessoas imunossuprimidas podem procurar os 40 postos de vacinação disponibilizados pela secretaria para receber a dose do imunizante contra a Covid-19.

O público dos imunossuprimidos, independente da faixa etária, podem procurar qualquer um dos nossos postos e fazer a sua dose de reforço. A terceira dose será feita com a vacina da Pfizer/BioNTech. A campanha vai ser estendida e estamos nas ruas todos os dias. Vamos avançando conforme a chegada de novas doses”, disse.

A secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe, acompanhou a vacinação – Foto: Reprodução/Radar Amazônico

É necessário a apresentação de documento oficial com foto, CPF ou Cartão Nacional do SUS e laudo, exame ou receita – original e cópia, que ficará retida para controle. A Semsa definiu o público que pode receber o reforço da imunização contra a Covid-19. São elas:

  • Pessoas com imunodeficiência primária grave;
  • Pacientes que estão fazendo quimioterapia para tratamento de câncer;
  • Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras
  • Pessoas vivendo com HIV/Aids com CD4 <200 céls/mm3;
  • Pessoas que fazem uso de corticoides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias;
  • Pessoas que fazem uso de drogas modificadoras da resposta imune;
  • Pacientes em hemodiálise;
  • Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias);

Profissionais da saúde

A secretária municipal de Saúde também ressaltou que, a partir da próxima sexta-feira (1°), os profissionais da saúde devem receber a dose de reforço da vacina contra a Covid-19.

Os profissionais com 50 anos e pessoas de 60 anos em diante, da população em geral, que tenham recebido a segunda dose há pelo menos seis meses. Aproximadamente 10 mil trabalhadores se encaixam no critério estabelecido pela Semsa.

Dados

O Amazonas registrou 47 novos casos por Covid-19, com isso, totalizou 426.435 casos da doença no estado. Além disso, foi registrada apenas uma morte em decorrência do vírus, ocorrido na última terça-feira (28), elevando para 13.723 o total de óbitos pela doença.

A informação consta no boletim epidemiológico da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) nessa quarta-feira (29).

Em Manaus há 94 pacientes, sendo 42 em leitos clínicos (7 na rede privada e 35 na rede pública), 52 em UTI (5 na rede privada e 47 na rede pública).

Confira a live do Radar Amazônico

Secretária municipal de Saúde fala sobre aplicação da terceira dose em Manaus

Secretária municipal de Saúde fala sobre aplicação da terceira dose em Manaus

Posted by Radar Amazônico on Thursday, September 30, 2021