PF prende duas pessoas por crime eleitoral em Manaus neste domingo

Duas pessoas foram presas neste domingo (7), pela Polícia Federal em Manaus. Eles são suspeitos de crime de corrupção e crime eleitoral. A informação foi repassada pelo delegado da Polícia Federal, Fábio Pessoa, em coletiva de imprensa na sede do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM).

Uma pessoa foi presa na parte da tarde com R$ 850 no bairro do Japiim, Zona Sul de Manaus. Outro homem também foi preso com R$ 14.272 mil, na manhã deste domingo na Zona Leste. O material preso com ele era do candidato a estadual, Jander Tabosa (PV).  

Segundo o delegado Fábio Pessoa trata-se de compra de votos. “Essas ocorrências foram lavrados em flagrante e pago fiança”, disse.

Além de Manaus, houveram ocorrências no interior do Estado. Entre eles, Caori onde foram identificados “boca de urna” e transporte de eleitores. Em Tabatinga houve ocorrência de um eleitor que fez uma selfie na cabine de votação. E em Itacoatiara foram registradas duas ocorrências por boca de urna.

No sábado (6) um servidor público foi preso pela Polícia Federal, na capital com R$ 20 mil. Após denúncias, a PF identificou a importância. “Não podemos dar maiores detalhes, como nomes dos envolvidos porque segue em segredo de justiça”, finalizou o delegado.