Pintor é morto a facadas após passar tarde com a família no bairro Rio Piorini

Foto 1: Cedida por familiares. Foto 2: Jhonata Lobato

Diceu de Souza, um pintor de 51 anos, passou suas últimas horas de vida na companhia dos irmãos, antes de ser assassinado a facadas na noite deste sábado (29). O homicídio aconteceu por volta das 19h, em um mercadinho onde o suspeito desferido quatro golpes a vítima na Alameda Rio Negro, no bairro Rio Piorini, zona norte de Manaus.

O pintor estava consumindo bebido alcoólica com os irmãos em casa. Depois ele foi para um mercadinho beber mais. Dez minutos depois, vizinhos foram até a residência dele contar aos familiares que Diceu tinha sido esfaqueado.

“A única coisa que falaram que tinha um homem bebendo com ele, que os dois brigaram e ele foi esfaqueado. Nem cogitando em ir atrás do suspeito, só queríamos salvar meu irmão, mas infelizmente não deu tempo”, contou o irmão da vítima que não quis se identificar.

Diceu foi levado às pressas ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Galileia, mas chegou na unidade hospitalar sem vida.

Policiais militares da 18ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) colheram informações com a família e realizaram buscas nas proximidades onde o crime aconteceu, mas até o momento da publicação desta matéria, não encontraram o suspeito.

O caso segue em investigação na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).