‘Plutão (Já foi planeta)’ toma o palco do Teatro da Instalação em duas apresentações nesta semana

Na  nova montagem do Balé Experimental do Corpo de Dança do Amazonas, o espetáculo de dança Plutão (Já foi planeta), será reapresentado no Teatro da Instalação nesta quarta (30) e quinta-feira (31), a partir das 19h. Com entrada gratuita, a apresentação que traz à tona a temática social das crises que permeiam a mente humana, por meio da relação com o planeta desprestigiado, Plutão.

A montagem, com coreografia de Rodrigo Vieira e execução do Balé Experimental, sob a direção de Monique Andrade, faz parte da segunda temporada do projeto Alma de um Poeta, que estreou no último dia 15, no Teatro Amazonas.

A montagem se baseia no poema “Tempo de Uiaúa”, do amazonense Anibal Beça, e leva ao palco, por meio da dança, uma reflexão crítica sobre a situação das minorias sociais estabelecendo uma relação entre elas com Plutão, considerado Planeta Anão em 2006, por não se adequar ao tamanho associado a essa categoria. A leitura abrange ainda o discurso astrológico, que afirma que o astro celeste também revela todos os problemas de um indivíduo, fazendo-o conhecer do inferno ao divinal.

A história de Plutão e seu rebaixamento no Sistema Solar serviu de referência para que Vieira e os bailarinos da companhia buscassem o seu “inferno” e o seu “divino”, na construção do arcabouço da obra. “Fiz uma comparação do planeta com as classes excluídas, que são marginalizadas pela sociedade, como os negros, as mulheres, os homossexuais e todos os que enfrentam dificuldades para serem respeitados e que necessitam ter representantes em todos os setores sociais”, destaca o bailarino e coreógrafo.

Balé Experimental do Corpo de Dança do Amazonas

Com 13 bailarinos, com idades entre 17 e 22 anos, a companhia possui ex-alunos do Liceu de Artes Claudio Santoro, além de membros oriundos de danças urbanas de Manaus e acadêmicos da UEA.

A companhia tem uma rotina de ensaio de três horas diárias, no Teatro da Instalação (Centro), com o objetivo de preparar jovens talentos da dança para o mercado de trabalho local, nacional e internacional. O grupo atende à agenda cultural promovida pelo Governo do Amazonas, via Secretaria de Cultura, e com isso, leva o segmento da dança às comunidades ao mesmo tempo em que se prepara profissionalmente.

Serviço: Espetáculo Plutão (Já foi planeta) – Projeto Alma de um Poeta

Data/hora: Quarta-feira e quinta-feira, 30 e 31 de agosto de 2017, 19h

Local: Teatro da Instalação, rua Frei José dos Inocentes, S/Nº, Centro

Entrada: Gratuita

Classificação indicativa: Livre

Para mais informações sobre essas e outras ações, projetos e atividades desenvolvidas pela Secretaria de Estado de Cultura, acesse o Portal da Cultura (www.cultura.am.gov.br). Confira também os perfis do órgão nas redes sociais Facebook (facebook.com/culturadoamazonas), Twitter (@SEC_Amazonas) e Instagram (@secretariaculturaamazonas).