PMDB do Senado busca líder capaz de unir bancada; Raimundo Lira é favorito

Os integrantes da bancada do PMDB no Senado buscam um substituito para Renan Calheiros (AL), que deixou a função após se posicionar contra as reformas do governo de Michel Temer. A legenda pretende encontrar um nome que unifique o grupo de 22 parlamentares da Casa.

De acordo com informações do G1, o partido vai se reunir na próxima terça-feira (4) para definir a nova liderança. O seandor Raimundo Lira (PB), que presidiu a comissão especial do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, é apontado como favorito para assumir a função. Nesta sexta-feira (30), ele foi recebido por Temer no Palácio do Planalto.

Outro nome que desponta é o de Garibaldi Alves (RN). No entanto, o parlamentar é investigado na Operação Lava Jato e passa por momento sensível. Seu primo, o ex-ministro Henrique Eduardo Alves, está preso suspeito de participação em esquema de corrupção na construção da Arena das Dunas em Natal.