PMN realiza convenção dia 30, mas faz prévia iniciando discussões sobre chapas majoritária e proporcional

CHICO PRETO55O Partido da Mobilização Nacional no Amazonas (PMN/AM) vai realizar na segunda-feira, dia 30, em local a ser definido nos próximos dias, a sua convenção para escolher os candidatos da legenda aos cargos majoritários e proporcionais nas eleições de outubro deste ano. Mas já trabalha com a possibilidade de não ter candidato ao senado.

A decisão foi tomada na segunda-feira, 13, durante uma prévia realizada no auditório da Assembleia Legislativa do Amazonas e, de acordo com o presidente da executiva estadual, deputado Marco Antônio Chico Preto (PMN/AM), que defende a renovação na política, a legenda vai levar à prorrogação o jogo das composições  com outros partidos.

“Estamos na temporada das composições. A disposição do PMN é apresentar chapa majoritária e proporcional como alternativa para a construção de um Amazonas melhor, do Amazonas que todos nós queremos para os nossos filhos e netos”, disse ele, assegurando que o partido vai fazer composições até o prazo limite da legislação.

Há nove meses no comando da legenda no Amazonas, Chico Preto destaca o fortalecimento da legenda e lembra que o partido já reativou seus diretórios em 14 municípios, fora Manaus, capital do Estado, e está presente em Alvarães, Atalaia do Norte, Benjamim Constant, Coari, Itacoatiara, Itapiranga, Maués, Novo Aripuanã, Rio Preto da Eva, Santo Antônio do Içá, São Paulo de Olivença, São Sebastião do Uatumã, Tabatinga e Tefé.

“Esse  número ainda vai aumentar, porque continuamos trabalhando para reativar e instalar novos diretórios municipais e dar maior capilaridade ao Partido da Mobilização Nacional”, completa.