Polícia Civil prende jovem minutos após ele cometer homicídio no bairro Glória

homicício-glória 1Policiais Civis do 5º Distrito Integrado de Polícia (DIP), coordenados pelo Delegado Titular, Rodrigo de Sá, prenderam na tarde de quarta-feira (21), por volta das 16h30, Edilson da Silva Brito, 23, conhecido como “Catita”, e apreenderam um adolescente de 16 anos, envolvidos no homicídio de Vanilson Cavalcante de Araújo, 28, ocorrido na tarde de ontem no beco Vitória, bairro Glória, Zona Oeste da capital.

Outro adolescente, conhecido como “Mascote”, está sendo procurado pela polícia por também ter participação no delito. Os policiais chegaram ao local após serem informados que um homem teria acabado de ser assassinado por um rapaz que estava com outros dois em via pública. Na ocasião, Edilson teria desferido um tiro de arma caseira no rosto da vítima, que veio a óbito no lugar.

De acordo com testemunhas, o trio havia saído correndo em direção ao beco São José e se escondido dentro de uma casa abandonada. Ao perceberem a aproximação dos policiais, os três infratores empreenderam fuga, pulando dentro de um igarapé e se escondendo embaixo das casas no lugar. “Catita” e um adolescente foram interceptados, mas “Mascote” conseguiu fugir.

Durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta quinta-feira (22), no 5º DIP, o Delegado Rodrigo de Sá explicou detalhes da ação, que resultou na prisão de Edilson. “Assim que fomos informados sobre o homicídio nos deslocamos ao local do fato e diante do que apuramos lá, conseguimos chegar até os dois infratores”, declarou Rodrigo de Sá.

Edilson, que já tem passagem pela polícia por envolvimento com o tráfico de drogas, desta vez foi autuado por homicídio duplamente qualificado e associação criminosa majorada (Artigos 121 e 288 do Código Penal Brasileiro), além de corrupção de menores (Art. 244-B da Lei nº 12.015 do Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA).

Ao término dos procedimentos cabíveis, ele será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficará à disposição da Justiça. O adolescente será encaminhado à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (DEAAI).

De acordo com o Delegado Rodrigo de Sá, a participação da população com denúncias anônimas é extremamente importante para o trabalho da Polícia Civil. “Pedimos à população que continue denunciando, a fim de tirarmos esses indivíduos do nosso convívio social”, declarou.

Quem puder colaborar com informações sobre o paradeiro de “Mascote”, que é morador de rua, entrar em contato pelos números: (92) 3671-6488 ou 3625-6664. A Polícia Civil do Amazonas assegura o sigilo da identidade dos informantes.

homicício-glória 2