Polícia divulga imagem de rapaz de 18 anos acusado de envolvimento em assassinato cruel

proc 2A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), enviou nota aos veículos de comunicação pedindo a colaboração na divulgação da imagem de Bento da Rocha Neto, 18, acusado de envolvimento no homicídio do protético dentário Ildo Lopes da Silva, ocorrido na madrugada do dia 14 de agosto de 2015, na zona Norte de Manaus. A vítima tinha 53 anos.

Conforme o delegado Ivo Martins, o casal Raissam de Souza Miranda e Denise Araújo Cândido, preso em dezembro de 2015, e Bento que está foragido, são apontados como autores do homicídio de Ildo, encontrado morto por volta das 7h, na Rua Santa Rosa, bairro Braga Mendes. De acordo com o delegado, o assassinato espanta pelo grau de crueldade, já que a vítima foi encontrada amarrada e com escoriações pelo corpo.

“Com base nas investigações conseguimos localizar, em setembro do ano passado, duas adolescentes que confessaram estar com a vítima na noite que antecedeu o crime. Elas afirmaram que induziram Ildo a consumir bebidas alcoólicas para que pudessem cometer o crime. As garotas confessaram ter torturado a vítima até a morte e apontaram Bento, Raissam e Denise como participantes do delito”, explicou Ivo Martins.

Quem puder colaborar com informações que levem ao paradeiro de Bento, entrar em contato com os policiais civis da DEHS pelo número do disque-denúncia da especializada: (92) 99176-9548 ou pelo 181, da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM). A Polícia Civil assegura o sigilo da identidade dos informantes.

FOTO: Divulgação / Assessoria de Imprensa da PC-AM