Polícia Federal nega que corpos de indigenista e jornalista foram encontrados; confira nota

Em nota, a PF desmentiu e informou que foram encontrados apenas material biológico e pertences pessoais

Foto: Divulgação

A Polícia Federal, por meio do Comitê de Crise, negou que foram encontrados os corpo do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips, após de notícias sobre o encontro de cadáveres na manhã desta segunda-feira (13).

Segundo a esposa de Dom Phillips – Alessandra Sampaio – afirmou que o marido e o indigenista Bruno Araújo Pereira, que estavam desaparecidos há mais de uma semana, foram encontrados mortos.

Em nota, a PF desmentiu e informou que foram encontrados apenas material biológico e pertences pessoais, tanto de Bruno Pereira, como do Sr. Dom Phillips que foram enviadas para pericia.

Confira a nota na integra:

O Comitê de crise, coordenado pela Polícia Federal/AM, informa que, não procedem as informações que estão sendo divulgadas a respeito de terem sido encontrados os corpos do Sr. Bruno Pereira e do Sr. Dom Phillips.

Conforme já divulgado, foram encontrados materiais biológicos que estão sendo periciados e os pertences pessoais dos desaparecidos.

Tão logo haja o encontro, a família e os veículos de comunicação serão imediatamente informados.