Polícia Militar e Ibama prendem duas pessoas por crimes ambientais na divisa com o Amazonas

Uma ação conjunta entre as polícias Militar do Amazonas (PMAM) e Acre (PMAC), e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) resultou na prisão de duas pessoas por crimes ambientais praticados na divisa entre o Acre e Amazonas, ontem (16). Elas estão sendo conduzidas à capital por homens da força-tarefa de combate ao desmatamento ilegal.

O Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA) da PMAC informou ainda que foram apreendidos mais de 500 litros de combustíveis, um trator tipo pá carregadeira, 13 motosserras, uma espingarda, entre outros equipamentos e insumos utilizados pelos madeireiros ilegais.

Os equipamentos e também cerca de 200 kg de gêneros alimentícios, estavam no acampamento montado dentro da mata.

Outros detalhes da operação serão apresentados amanhã (18), às 8 horas da manhã, durante uma coletiva de imprensa que será realizada na sede da superintendência do Ibama em Rio Branco.