Polícia prende 32 foragidos que receberam o auxílio emergencial no Amazonas

Foto: reproudção Internet

A Operação “Afronta ao Auxílio” deflagrada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), resultou no cumprimento de 32 mandados de prisão de pessoas que tinham mandados prisionais em aberto e receberam o auxílio emergencial do governo federal no Amazonas.

A operação ocorreu após envio da relação de suspeitos pela Controladoria Geral da União. De acordo com o secretário de segurança, coronel Louismar Bonates, a Controladoria enviou 559 nomes para que fossem apurados de pessoas que receberam o auxílio indevidamente, dessas 321 foram comprovados e vários estão em investigação.

“Desse total nos verificamos que 32 pessoas estavam com mandados de prisão em aberto pelos crimes de tráfico de drogas e homicídio, nós já cumprimos a prisão destes. A operação continua, é um absurdo que essas pessas envolvidas com o crime tenham recebido o auxílio emergencial”, disse Bonates.

A delegada-geral Emília Ferraz explicou que o movimento é nacional tenta evitar que o auxílio emergencial seja liberado para pessoas que deveriam estar presas.

“Além de serem presos para cumprir pena pelos delitos já cometidos, agora eles vão responder também por falsidade ideológica e estelionato, os que receberam o valor terão que devolver”, disse Emília Ferraz.

De acordo com a Polícia Civil operações semelhantes já ocorreram em quatro estados brasileiros como Paraná, Rondônia, Goiás e Paraíba.