Anúncio

Polícia prende em flagrante quadrilha que cometia crimes de “saidinha de banco”

quadrilha 1 - Cópia

Policiais da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), sob a coordenação do Delegado Titular, Orlando Amaral, prenderam uma quadrilha formada por seis pessoas que cometiam o crime conhecido por “saidinha de banco”. O grupo foi preso no último sábado (12), na feira da Betânia, localizada na avenida Adalberto Vale, bairro Betânia, na Zona Sul de Manaus.

Foram flagranteados Antonildo Nunes Franco, 37, Atailton Auzier, 25, Stanrley Augusto Corrêa Trajano, 20, Bruno da Silva Carvalho, 25, Jhonatan Paiva Costa, 18 e Enedino Barroso Neto, 36, no momento em que se preparavam para assaltar um comerciante de 57 anos, saía da feira, com uma suposta quantia de R$ 10 mil.

O grupo vinha sendo investigado há cerca de dois meses pela equipe de serviço de inteligência da DERFD, pelo grupo já vir cometendo outros crimes de roubo a outras vítimase até empresas.

No momento em que foram abordados foi apreendido com eles, um veículo modelo Agile, de cor prata e placas NOT-2067, duas motocicletas roubadas, sendo uma modelo Titan, na cor vermelha, placa JXU-6191 e a outramodelo CB 300, também na cor vermelha, e de placa OAF-9597, dez celulares e uma pistola PT 40 de uso restrito.
As investigações apontaram que o “cabeça” da quadrilha era Antonildo e de acordo com o Delegado Orlando Amaral os integrantes atuavam em conjunto. “Um dos assaltantes ficava dentro da agência bancária observando quem realizava saques em grande quantidadede dinheiro e avisava os outros do lado de fora, munidos com a arma de fogo e os veículos para fugir”, explicou o Delegado. Amaral informou ainda que a vítima era assaltada quando saía do local ou por algumas vezes deixavam chegar até o local de destino da vítima para cometer o crime.
De acordo com as investigações, a quadrilha também realizava a “chegadinha no banco”, que era quando eles assaltavam a vítima antes mesmo de ela chegar ao banco, após receberem informações privilegiadas de pessoas próximas das vítimas. No caso da prisão em flagrante, Enedino era quem conhecia o comerciante.
Dos seis detidos, Antonildo e Bruno já tem passagens pela DERFD, sendo que este último, mais Atailton e Stanrley, também são foragidos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj).
Todos foram autuados por crime de tentativa de roubo e organização criminosa e encaminhados à Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, onde permanecerão a disposição da justiça.

quadrilha 2 - Cópia

quadrilha 3 - Cópia

quadrilha 4

quadrilha 5