Polícia prende último envolvido no assassinato da menina “Emily” de 10 anos

acusado-emily

EmilyA Polícia Civil do Amazonas, por meio da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), cumpriu na tarde de ontem (24), o mandado de prisão preventiva em desfavor de Leandro de Souza Pereira, 20. Ele é apontado como o piloto da motocicleta utilizada no dia do homicídio que vitimou Emily Caroline Moreira de Carvalho, de 10 anos de idade.

Ele foi preso por volta das 15h, na própria Especializada quando foi prestar esclarecimentos a respeito desse crime. No mesmo momento, foi cumprido o mandado expedido na última terça-feira (23), pelo juiz Anésio Rocha Pinheiro, da 2ª Vara do Tribunal do Júri.

Leandro é a quarta pessoa a ser presa pelo envolvimento nesse homicídio. Os Policiais Civis, sob o comando dos Delegados Paulo Martins e Débora Mafra, Titular e Adjunta, respectivamente, o identificaram através de denúncias anônimas e por meio do depoimento dos outros envolvidos no crime. “Após a prisão, Leandro confessou a participação dele no homicídio. Com essa informação nós consideramos esse caso solucionado, pois conseguimos identificar todos os envolvidos no crime e prendê-los.”, ressaltou o Delegado Paulo Martins.

Inicialmente, a Polícia Civil considerava a suspeita de que Matheus Mendonça Abreu, 18, preso na manhã do dia 11 de setembro, seria o piloto da motocicleta. “Pelas informações repassadas por denúncias anônimas, suspeitávamos que Matheus havia participado dessa forma, porém, quando prendemos o autor dos disparos, Anderson Gustavo Ferreira da Silva, este afirmou que o verdadeiro piloto tinha sido o Leandro. Ainda de acordo com Anderson, Matheus participou do crime como ‘olheiro’, informou a Delegada Débora Mafra.

Entenda o caso

No dia 30 de julho deste ano, por volta das 23h, Emily estava em um estabelecimento comercial localizado na rua Praia do Mosqueiro, comunidade Campos Sales, bairro Tarumã. Quando o crime ocorreu, ela havia ido ao local a pedido da mãe para comprar um produto alimentício, e acabou sendo atingida com um tiro fatal.

Marcone Lima da Silva seria o alvo de dois criminosos que estavam em uma moto. Ele estava parado em frente ao estabelecimento comercial falando ao celular quando os suspeitos passaram atirando em sua direção. Um dos disparos acertou Emily.

Assim como os três presos anteriormente, Leandro foi indiciado por tentativa de homicídio e homicídio (ambos do Artigo 121 do Código Penal Brasileiro). Ele será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa onde ficará à disposição da justiça.