Policial baleado que deu entrada no Hospital de Coari não fez cirurgia por falta de anestesista

POLICIAL BALEADO

Como o Radar noticiou na manhã desta segunda-feira (07) dois policias foram feridos em troca de tiros com traficantes colombianos no rio Solimões, em frente à comunidade de Santo Antonio do Lauro Sodré, que fica na divisa entre os municípios de Coari e Codajás. O tiroteio teria ocorrido por volta de 1h da madrugada.  Um deles, Elder Feitosa Moraes, deu entrada no Hospital de Coari às 5h30m. A bala atravessou o peito do policial que precisaria se submeter a uma cirurgia, mas até agora à tarde a intervenção cirúrgica não tinha sido feita por falta de anestesista. Segundo fontes do Radar, o anestesista veio embora para Manaus por falta de pagamento do salário e se recusa a voltar enquanto não for pago. O policial seria trazido esta tarde para Manaus de avião, mas até as 17hs não houve confirmação de que teria ocorrido a remoção do paciente. Uma lancha da polícia militar saiu de Coari com destino ao lugar do tiroteio para verificar o que ocorreu com o outro policial ferido que teria caído no rio após ser atingido.