Policial dispara 10 tiros contra apartamento de morador que reclamou de festa até altas horas (ver vídeos)

blank

Após um morador do condomínio “Smart Flores”, Eduardo Martins, de 35 anos, reclamar para a síndica por causa da música em alto volume e da realização de festa até a madrugada no apartamento de outro condômino, ele e sua família, inclusive seu fiho de dois anos, sofreram um atentado a bala.

Um homem, identificado até agora como Andé Felipe, que é policial era quem fazia a festa e por ficar contrariado pelas reclamações feitas pelo vizinho, atirou pelo menos dez vezes contra o apartamento de Eduardo Martins. Em vídeo, o rapaz registrou as marcas dos tiros pelas paredes do seu apartamento, até mesmo no quarto do bebê de dois anos. Eduardo Martins diz que a criança só sobreviveu porque estava no quarto dos pais.

Dá pra ver e ouvir no vídeo, em alto e bom som, que o policial que cometeu o atentado ameaça Eduardo Martins de morte; “Tu vai morrer, fdp”, diz o morador aos brados.

Em vídeo Eduardo Martins aparece visivelmente transtornado. “Eu preciso da ajuda de vocês. Estou desesperado, minha esposa está em choque, meu filho tá em choque, só vive falando em tiro. pow,pow,pow. Nós estamos muito preocupados, não sei o que eu faço, não posso voltar pra lá  porque tem video dele me ameaçando de morte…”, diz o rapaz.

blank

Marcas de tiro no quarto da criança de dois anos Foto: Reprodução

O Radar entrou em contato com Secretaria de Segurança Pública (SSP) e já conseguiu obter informações de que está confirmado que o autor do atentado contra Eduardo Martins e sua família é policial militar. O caso já está na Corregedoria de Policia e já foram abertos dois inquéritos, um civil e outro militar, para apurar os fatos, tanto civil como criminalmente, assim como a conduta do policial, Sua arma já teria sido apreendida.

Eduardo fez um Boletim de Ocorrência (B.O) registrando ‘ameaça consumada’ no 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

blank

Foto: Reprodução

Confira os vídeos de denúncia divulgados por Eduardo Martins: