Ponce de Leão, enfim, vai para a penitenciária

Ponce e AlexandreInformações repassadas ao Radar dão conta que os advogados de Ildercler Ponce de Leão bem que tentaram fazer com que ele não fosse para o presídio, fosse mantido na carceragem de delegacias até que conseguissem um habeas corpus para soltá-lo, mas não conseguiram. Em foto enviada ao Radar, Ponce de Leão aparece num “camburão”, segundo fontes do Radar, sendo levado para a penitenciária.

Ponce de Leão é acusado de ser o mentor da trama do assassinato do militante político Alexandre Cesar Gomes, 33 anos. Alexandre desapareceu e seu corpo foi encontrado no dia 13 de fevereiro num matagal no Puraquequara com visíveis sinais de tortura e execução com um tiro na nuca.

Em abril, três pessoas foram presas por envolvimento no assassinato de Alexandre, o cabo da Polícia Militar lotado no Comando de Policiamento do Interior, Edmilson Pimentel Rodrigues, um dos membros do Movimento Democrático Estudantil (MDE), Tiago dos Santos Nascimento, e o então presidente do MDE, Ildercler Ponce de Leão – ler matéria completa aqui. (Any Margareth)