Ponte do Ursinho Pooh é leiloada por US$ 179 mil no Reino Unido

Ponte que inspirou desenho Ursinho Pooh foi leiloada para quase R$ 1 milhão — Foto: HANDOUT / Summers Place Auctions / AFP

Uma bucólica ponte de madeira do campo inglês que inspirou o autor das aventuras do Ursinho Pooh foi vendida por mais de US$ 179 mil (cerca de R$ 986 mil), mais que o dobro do estimado, em um leilão no Reino Unido.

James Rylands, especialista da casa de leilões britânica Summers Place Auctions, afirmou nesta quinta-feira (7) estar “absolutamente feliz de ter conseguido vender uma peça da história da literatura”.

O preço da ponte foi estimado entre 40 mil e 60 mil libras, mas o resultado da venda superou todas as expectativas, alcançando 131.625 libras.

Alan Alexander Milne, criador do ursinho barrigudo, gostava dessa ponte da floresta de Ashdown, no sudeste da Inglaterra.

Ele e seu filho Christopher Robin Milne, que inspirou o pequeno amigo de Pooh, costumavam brincar na ponte de um jogo de sua invenção chamado “Poohsticks”: cada jogador lançava uma vara contra a corrente e vencia a vara de quem chegasse primeiro debaixo da ponte.

A ponte, construída por volta de 1907 e conhecida como Posingford Bridge, ficou famosa após aparecer desenhada neste clássico livro infantil. Em 1979 foi oficialmente nomeada de Poohsticks Bridge.

Após ter sido atravessada e desgastada por milhares de turistas, foi desmontada em 1999 e substituída, com o apoio financeiro da Corporação Disney.

A ponte original foi colocada à venda após ser totalmente restaurada: as partes que faltavam foram reconstruídas com carvalho da região.

O novo proprietário, Lord De La Warr, planeja colocá-la em sua fazenda de Buckhurst Park, em Withyham, no sudeste da Inglaterra.

“Espero que muitas crianças (e adultos) possam admirar a ponte original que inspirou uma das brincadeiras mais famosas que ainda é jogada pelas crianças no Reino Unido e em outros países”, afirmou o novo proprietário em um comunicado.

A venda coincidiu com o centenário do urso de pelúcia dado a Christopher Robin Milne em seu primeiro aniversário, em 1921, e que inspirou a personagem do Ursinho Pooh.

Casa da árvore também pode ser visitada

Outra parte do cenário que marcou gerações também existe na “vida real”. Para comemorar os 95 anos da criação do personagem, o ilustrador dos desenhos, Kim Raymond, criou e decorou uma casa baseada as histórias.

É possível alugar a propriedade para passar um final de semana.

Ela fica na Floresta de Ashdown, em Sussex, na Inglaterra. Foi ela que serviu de inspiração para a criação do Bosque dos Cem Acres, onde Pooh, Leitão, Bisonho e Tigrão vivem.

A casa foi construída com ramos de árvores expostos e enrolados em volta da entrada, com a placa “Mr. Sanders” por cima.