Ponto de vacinação volta a funcionar no Vasco Vasques nesta segunda-feira

O novo ponto vai aumentar a oferta diária de vacina na capital, desafogando as Unidades Básicas de Saúde (UBSs)

Foto – João Viana / Semcom

Como nova medida para facilitar o acesso à vacina contra a Covid-19,  o Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques, localizado na avenida Constantino Nery, bairro Flores, volta a funcionar como ponto estratégico de vacinação. A unidade começa a operar a partir desta segunda-feira, com atendimento das 9h às 16 horas, para imunização de crianças, adultos e idosos.

O novo ponto vai aumentar a oferta diária de vacina na capital, desafogando as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), que vêm registrando alta demanda desde a última quinta-feira.

No Centro, serão montadas 10 estações de trabalho, com fluxos específicos para os diferentes públicos e capacidade de atendimento de até 2 mil pessoas por dia.

Com a operação do novo espaço, a UBS José Rayol, também localizada na avenida Constantino Nery, a alguns metros de distância, deixa de oferecer a vacina temporariamente.

Esta é a quarta medida de ampliação definida pela Semsa nos últimos dias. O número de UBSs com vacinação aumentou de 55 para 81 durante a semana; o horário de atendimento aos sábados, que ia até as 12h, foi estendido até 16h; e o ponto de vacinação do Studio 5, zona Centro-Sul, foi reaberto e projetado para atender diariamente 1,5 mil crianças e adultos.

Aumento de casos

Além da liberação recente da quarta dose para os que têm 18 anos ou mais, Manaus registra elevação no número de casos novos da doença, gerando maior procura pela imunização.

Dados atualizados do Sistema Municipal de Vacinação (SMV) mostram que na última sexta-feira, foram aplicadas 16,5 mil doses da vacina, a maior quantidade deste o dia 14 de janeiro deste ano, quando a Semsa vacinou o total de 20,7 mil pessoas.

Mais de 550 mil pessoas de 18 a 39 anos estavam aptas a receber a quarta dose na última quinta-feira por terem recebido a terceira dose há mais de quatro meses e, aproximadamente, 700 mil ainda precisam receber a terceira dose.

Cuidados

Além de monitorar a evolução de novos casos de Covid-19, a Semsa ampliou a oferta de teste rápido na rede municipal.

O exame era feito em 28 unidades e agora está disponível 42 durante a semana, sendo que 31 atendem das 8h às 17h e nove, das 8h às 20h. Aos sábados, 11 unidades de horário estendido realizam consulta e teste para casos suspeitos, das 8h às 11 horas.

O teste é indicado para pessoas que estão entre o segundo e o sétimo dia de sintomas gripais associados, como febre ou calafrios, tosse seca, coriza, dor de cabeça, dor de garganta, dores musculares e indisposição, entre outros.