População se aglomera no Centro no primeiro dia de reabertura do comércio

Foto: Radar Amazônico

Embora o Amazonas tenha chegado ao número de 41,3 mil pacientes infectados pelo novo coronavírus, diversas pessoas deslocaram-se até o Centro de Manaus ocasionando uma aglomeração nesta segunda-feira (1º), quando as atividades do comércio reabriram na capital.

A abertura gradual foi anunciada pelo governador do Estado, Wilson Lima, na última quarta-feira (27).

Conforme as imagens feitas pela reportagem, o local com maior número de pessoas é a avenida Eduardo Ribeiro. Nessa área, algumas lojas de roupas e calçados, que ainda estão fechadas, já possuem filas de pessoas aguardando para entrar no estabelecimento, sequer sem o distanciamento mínimo de 1,5m.

Agentes da Prefeitura de Manaus estão no local realizando fiscalizações e orientando a população a respeito de medidas de segurança para prevenção ao contágio da doença.

Shopping

Assim como as lojas do Centro, os shoppings de Manaus também reabriram nesta segunda-feira. No Amazonas Shopping, no qual o Radar teve acesso exclusivo para realizar transmissão ao vivo, estão abertas lojas de vestuário, calçados, utensílios para a casa e eletroeletrônicos.

No local, algumas pessoas já estavam em filas aguardando a reabertura de lojas como a Riachuelo e a Vivo.

Além do horário de funcionamento reduzido, das 13h às 20h, o shopping também adotou algumas medidas de segurança para evitar proliferação do coronavírus no local, como disponibilização de álcool em gel em cada entrada, uso obrigatório de máscara tanto para lojistas quanto para os clientes e demarcação de espaços para evitar aglomeração.

A reportagem entrou em contato com a assessoria do Manauara Shopping para realizar transmissão ao vivo no local, mas o acesso da equipe dentro do shopping foi negado.