Por conta da Covid, eventos em Borba são suspensos por 20 dias e multas podem chegar a R$ 60 mil

O valor da multa varia de R$ 10 mil a R$ 60 mil para quem desrespeitar alguns dessas regras

Foto: Reprodução

Foi suspenso por 20 dias a realização de festas em casas noturnas, bares, boates, balneários e flutuantes da cidade de Borba (a 149 quilômetros de Manaus), além do consumo de bebidas alcoólicas em espaços públicos. A decisão está no Diário Oficial dos Municípios do Amazonas desta segunda-feira (28/02), assinada pelo prefeito Simão Peixoto.

De acordo com a informação no Diário, os casos de Covid-19 estão avançando na cidade e isso serve como forma de tentar barrar o vírus.

Eventos como a venda de ingressos para shows ao vivo e carros de som em área pública, também estão proibidos no município até o final da decisão. Também foi vetado a realização de confraternizações, cursos, reuniões, eventos esportivos em geral, familiares, formatura, independentemente da quantidade de público.

O valor da multa a quem desrespeitar essas ordens varia de R$ 10 mil para pessoa física, e até R$ 60 mil para pessoas jurídicas, além da possibilidade de interdição ou suspensão das atividades no estabelecimento.