Por não dar igualdade de condições aos dois candidatos, TRE-AM suspende debate, mas Band descumpre decisão

Por falta de clareza nas regra do debate que seria realizado nessa quinta-feira (18) pela Band Amazonas e pelo fato de não dar acesso aos temas do debate a um dos candidatos, no caso ao jornalista Wilson Lima, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) acatou um pedido da coligação “Transformação por um novo Amazonas” e determinou o cancelamento do debate, mas a emissora, mesmo notificada antes do debate começar, decidiu não cumprir a determinação da Justiça Eleitoral (Veja a decisão na íntegra no fim da matéria).

Vale ressaltar que a emissora de TV é de propriedade do empresário Francisco Garcia, pai de Rebecca Garcia (PP), candidata a vice na chapa do governador e candidato à reeleição, Amazonino Mendes (PDT). Francisco Garcia está a frente da campanha de Amazonino Mendes como coordenador financeiro e já doou mais de R$ 500 mil para a reeleição do governador .

A emissora transformou o debate em entrevista com o governador. O debate/entrevista com o governador Amazonino foi interrompido dez minutos antes do final por fiscais da Justiça Eleitoral.

De acordo com o juiz auxiliar do TRE-AM, Bartolomeu Ferreira de Azevedo Júnior, as regras do debate não estavam claras e o candidato Wilson Lima não teve acesso aos temas que seriam tratados mesmo tendo solicitado as informações dos organizadores do debate.

“Durante o primeiro turno, Wilson Lima participou de seis debates promovidos pela imprensa local, como Rede Diário, TV Em Tempo, TV A Crítica, TV Amazonas, Rede Tiradentes e na própria Band. Mesmo sendo duramente atacado pelos oponentes, Wilson Lima não se esquivou de nenhuma pergunta ou de apresentar propostas para melhoria de vida das pessoas que moram no estado do Amazonas”, esclareceu a assessoria do candidato.

Neste segundo turno, Wilson participou do primeiro encontro de discussão de ideias promovido pela Rede Tiradentes, na segunda-feira (15).

“Eu quero reconhecer o trabalho dos meus colegas da Band, mas não irei. As regras não ficaram claras e estamos esperando os temas do debate até o momento”, disse ele confirmando presença no próximo debate da Rede Amazônica, dia 25.

Às 20h, Wilson Lima participou de uma transmissão ao vivo, onde foi sabatinado pelo povo. Devido ao apagão que afetou toda a cidade de Manaus, a live durou apenas 10 minutos.

Veja a decisão na íntegra

Com informações da assessoria do candidato.