“Por quê falhou e o quê está faltando?”, questiona Dermilson durante pedido de afastamento de Louismar Bonates

Foto: Divulgação

O afastamento de toda a cúpula da Segurança Pública estadual, incluindo o atual secretário Louismar Bonates, foi solicitado pelo deputado Dermilson Chagas (Podemos), nesta terça-feira (8). Ele justificou o pedido baseado nos últimos acontecimentos da capital e interior do Amazonas envolvendo ataques criminosos de facção, onde não foram apresentadas respostas eficazes e nem soluções. Sobre o secretário, ele denunciou que Bonates foi incapaz de monitorar a movimentação do crime organizado e de evitar as cenas de terror vivenciadas em Manaus, Parintins, Iranduba, Rio Preto da Eva, Careiro Castanho, Manacapuru e Carauari.

Na ocasião ele também pediu que os parlamentares da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam)aprovem o requerimento que ele apresentou à Mesa Diretora pedindo a convocação urgente do secretário coronel Louismar Bonates.

“Não podemos abandonar a sociedade como o Governo do Amazonas fez. Abandonou o povo dizendo que não podia oferecer segurança e que não tem como combater. Esse Governo que está aí disse ‘Não sei’, ‘Não sabia’; não pode prever e só dá desculpa esfarrapada”, disse, indignado, Dermilson Chagas.

O parlamentar também pediu que o presidente Aleam, Roberto Cidade, e os demais deputados da Casa aprovem o requerimento que ele apresentou à Mesa Diretora pedindo a convocação urgente do secretário de Segurança Pública do Amazonas, coronel Louismar Bonates para que ele tire várias dúvidas dos deputados e que esclareça vários questionamentos sobre as falhas que a sociedade amazonense percebeu durante a onda de ataques do crime organizado a prédios públicos, agências bancárias, depredação de veículos particulares e públicos, além de assaltos em via pública.

“Nós precisamos discutir o que aconteceu, de que forma aconteceu, em que momento houve a falha, saber quem falhou. Cadê a cobertura da Inteligência? Cadê os homens da Polícia? A Polícia Militar é nota 10 e a Polícia Civil também, mas nós precisamos separar aqui esta questão. Quem é que falhou, por quê falhou e o quê está faltando? Precisamos de esclarecimentos e de respostas. A sociedade merece saber de tudo isso. Então, o secretário de Segurança vindo aqui precisa ouvir os parlamentares, tirar as dúvidas e trazer uma resposta que seja no mínimo convincente”, ressaltou Dermilson Chagas.

(*) Informações da assessoria