Praças da PM e servidores da Saúde decidem entrar em greve e estão acampados na Assembleia Legislativa

Polícia Militar pronta 2

Polícia Militar pronta 4Após irem a mais uma reunião marcada pelo governador professor José Melo na reitoria da Universidade do Amazonas (UEA) e o governador não parecer, cerca de 500 servidores públicos, entre Praças da PM e funcionários públicos do setor de saúde, decidiram entrar em greve. Eles foram em caminhada até o prédio da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), onde conseguiram ter acesso ao pátio de entrada do Legislativo e pretendem ficar acampados por tempo indeterminado. “Vamos ficar aqui até que o governador sente conosco pra conversar”, garante o presidente da Associação dos Praças do Estado do Amazonas (Apeam).

Em tom indignado, Gerson classifica de “falta de respeito” o que o governador está fazendo com os Praças da PM e com outras categorias de servidores públicos. “Ele engana, mente, marca reuniões e não aparece, não nos dá a mínima satisfação. Não somos moleques, somos pais de família”, critica a liderança dos Praças, acrescentando: “Temos tentado de todas as formas o diálogo, todo mundo é prova disso. Mas o governador parece não querer o diálogo”.

Segundo ele, as associações de servidores públicos estão montando uma logística com água e alimentação para que eles possam permanecerem aquartelados na Assembleia. “Aqui (na Aleam) estão Praças da PM, Bombeiros, alguns policiais civis e Servidores da Saúde. Amanhã, os servidores da Educação fazem uma Assembleia pra decidir se entram em greve ou não”, explica Gerson.

As principais reivindicações dos Praças são: reposição salarial em torno de 8%, segundo cálculo inflacionário do ano passado; promoção de 2.284 praças da Polícia Militar; reajuste no auxílio alimentação; criação de um código de ética para evitar punições, reajuste do auxílio fardamento, criação de uma lei de regulamentação da escala de serviços dos policiais militares e por fim, auxílio moradia para policiais lotados no interior do Amazonas. (Any Margareth)

Polícia Militar pronta 5

Polícia Militar pronta 6