Praticamente eliminado do Carioca, Botafogo recebe Portuguesa

O Botafogo sabe que só um milagre evitará a eliminação precoce no Campeonato Carioca. Mesmo assim, ninguém joga a toalha. Por isso, a vitória é o único resultado que interessa na partida desta quinta-feira, contra a Portuguesa, às 21h30, no Engenhão, pela penúltima rodada da Taça Rio, o segundo turno do Estadual.

A única chance de o Botafogo garantir vaga na semifinal do Carioca é conquistar a Taça Rio. O problema é que a situação no Grupo C é bastante delicada, tanto que o time pode entrar em campo já eliminado. Isso vai acontecer se a Cabofriense vencer o Volta Redonda às 19h30 desta quinta-feira, em casa.

Com apenas cinco pontos, o Botafogo precisa torcer para a Cabofriense não vencer nenhum dos seus dois jogos e o Flamengo perder na última rodada para o Fluminense. Além de bater Portuguesa e Americano, o time alvinegro teria de tirar uma diferença de sete gols de saldo.

O elenco botafoguense sabe que a classificação é algo bastante complicado e por isso fala em honrar a camisa alvinegra. Substituto de Gatito Fernández, que foi convocado para defender a seleção paraguaia, o experiente goleiro Diego Cavalieri quer duas vitórias nos jogos que restam.

“A motivação é carregar um escudo muito grande, vestir uma camisa desse porte, independentemente do cenário. Temos dois jogos e nosso papel é fazer seis pontos. Se a tabela ajudar vai ser importante, mas nosso foco é buscar as duas vitórias”, disse Cavalieri.

Adversária do Botafogo, a Portuguesa tem a pior campanha na classificação geral. Até aqui, em nove jogos disputados no Estadual, o time da Ilha do Governador conquistou apenas dois pontos – um em cada turno.