Prazo para registro de candidatura é encerrado com 756 candidatos; um nome a mais para o Governo

No último minuto para o pedido de inscrição determinado pelo calendário eleitoral, encerrado nessa quarta-feira (15), o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) recebeu o registro de mais um nome para disputar o cargo ao governo do Estado em outubro. A ex-vereadora Lúcia Antony (PCdoB) entrou na disputa e foi registrada como candidata da coligação “O Povo Feliz de Novo”. Ao todo, sete candidatos apresentaram registros de candidatura ao TRE-AM.

Agora, na corrida pelo governo do Amazonas estão: Amazonino Mendes (PDT), que disputa a reeleição, Omar Aziz (PSD), David Almeida (PSB), Wilson Lima (PSC), Sidney Cabral (PSTU), Berg da UGT (PSOL) e Lúcia Antony (PCdoB).

Já para o Senado foram feitos 9 registros, mas apenas dois serão eleitos e tomarão posse em 2019. Os candidatos são: Alfredo Nascimento (PR), Chico Preto (PMN), Hissa Abrahão (PDT), Luiz Castro (REDE), Plínio Valério (PSDB), Luiz Fernando Santos e Rondinely Fonseca, ambos do PSOL. Eduardo Braga (MDB) e Vanessa Grazziotin (PCdoB) concorrem à reeleição ao Senado Federal.

As 24 cadeiras cadeiras da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam) estão sendo disputadas por 617 candidatos. Para a Câmara Federal, foram feitos 132 registros de candidaturas para as 8 vagas. Segundo o TRE-AM, ao todo, ocorreram 756 registros de candidaturas para concorrer às eleições deste ano. Em 2014, ano da última eleição, esse número chegou a 759 candidatos.

Os partidos que mais registraram candidaturas no Amazonas foram o Patriota e o PMN, somando 103 candidatos, divididos em 51 nomes registrados pelo Patriota para disputar as eleições deste ano, enquanto no PMN, foram 52 candidaturas.

Com o fim do prazo final para o pedido de inscrição determinado pelo calendário eleitoral, os candidatos terão seus registros analisados e julgados pelo TRE para, então, saberem se estão aptos ou não a concorrer às eleições de 2018.