Anúncio

Prefeita de Beruri quer gastar R$ 2,2 milhões com festas e fogos de artifício

Foto: Reprodução

Muita folia, diversão e fogos de artifício. É assim que a prefeita de Beruri (a 249 km de distância de Manaus), Maria Lucir Santos de Oliveira (PMDB), conhecida como Dona Maria, pretende gastar R$ 2,2 milhões. A informação foi publicada no Diário Oficial dos Municípios do Amazonas, nesta terça-feira (11).

De acordo com as duas Atas de Registro de Preços, os serviços, que possivelmente serão prestados pela empresa MF Produções Artísticas e Eventos Ltda, são de infraestrutura para eventos, contendo locação, transporte, montagem e desmontagem de ambientes/estruturas, equipamentos, instalação e a desinstalação dos mesmos. (Veja documento no final da matéria)

Também poderão ser prestados serviços de show pirotécnico e queima de fogos para diversos eventos no município. Segundo o documento, os serviços são “para atender as necessidades da prefeitura municipal de Beruri”. Além disso, as duas Atas de Registros de Preços têm validade de 12 meses. No entanto, não informa quantas e quais festas serão realizadas nesse período.

Empresa

Consultada no site da Receita Federal, a empresa MF Produções Artísticas e Eventos Ltda está inscrita no CNPJ nº 23.034.663/0001-22. Por meio de nota, a empresa informou que, como consta na matéria, “trata-se de uma Ata de Registro de Preços, com duração de 12 meses, onde a prefeitura contrata somente o que ela precisar, não sendo obrigada a contatar o valor total da ata”. A empresa informou ainda que no pregão várias empresas compraram o Edital das referidas licitações instauradas pela prefeitura de Beruri e a empresa foi a ganhadora, estando apta em todos os itens.

Sem reposta

O Radar entrou em contato com a assessoria da prefeitura de Beruri por meio de ligações e e-mail encaminhado para o endereço pmberuri15_am@outlook.com a fim de saber mais detalhes sobre quantas e quais festas serão realizadas com os serviços que poderão ser contratados pelo executivo municipal. No entanto, não obteve retorno até a publicação desta matéria.

Confira o documento na íntegra