Prefeita de Ipixuna pretende comprar gasolina para dar a volta ao mundo 41 vezes

Somente com gasolina, a prefeitura do município de Ipixuna (a 1.364 quilômetros de Manaus), pretende gastar quase um milhão de reais (R$ 995 mil). A prefeitura pretende comprar 166.774 mil litros de gasolina. Considerando a quilometragem de um veículo popular, a exemplo do Fiat Pálio 1.0, que faz aproximadamente 10 quilômetros por litro de gasolina e que 40 mil quilômetros correspondem a uma volta ao mundo, a prefeitura poderá dar a volta ao globo terrestre 41 vezes.

Mas a prefeita de Ipixuna, Maria Oliveira (MDB) não pretende fazer compra milionária só de gasolina não! Ela pretende comprar 164.330 mil litros de óleo diesel comum, 97.188 mil litros de óleo diesel (Coloração: vermelha, Classificação: B S10), 1.854 mil litros de Óleo lubrificante automotivo (SAE 40, embalagem com 1 litros).

Maria Oliveira pretende adquirir ainda 196 baldes de Óleo lubrificante (origem mineral, grau de viscosidade SAE 90, balde com 20 litros), 677 litros de Óleo lubrificante (origem mineral, grau de viscosidade SAE 90, Embalagem com 1 litro), além de 635 litros de Óleo Lubrificante Motor, (Aplicação, Motores a gasolina, etanol flex, Grau de viscosidade: SAE 15W40; Embalagem com 1 litro).

A prefeita vai gastar ainda com 2.587 frascos de Óleo lubrificante Motor (Aplicação, Motores 2 tempos, náutico, Grau de Viscosidade: TC W3; Embalagem com 500ml), 727 litros de Óleo lubrificante Motor (Aplicação, Motores 2 tempos, náutico, Grau de Viscosidade: TC W3; Embalagem com 1 litro), 160 baldes de Óleo lubrificante automotivo (Grau de viscosidade SAE 40, balde com 20 litros), 3.017 litros de Óleo lubrificante (aplicação: motores 4 tempos; flex; tipo: API SL, grau de viscosidade SAE 20W50, embalagem com 1 litro), 596 quilos de Graxa lubrificante (grau viscosidade: SAE NLGI-2, embalagem com 1 kg) e 268 unidades de aditivo radiador (frasco com 1 litro).

Os gastos com combustíveis e derivados feitos pela prefeitura vão chegar a mais de R$ 2,7 milhões A empresa vencedora do processo de licitação foi a Estrela de Ipixuna Comércio de Combustíveis Eireli-Epp, que tem sede na cidade. O despacho de homologação e adjudicação foi publicado no Diário Oficial da Associação Amazonense dos Municípios (AAM), dessa terça-feira (7).

Confira documento na íntegra