Prefeito anuncia pagamento do Fundeb para servidores da educação

Foto: Alex Pazuello / Semcom

Mais 13 mil profissionais da educação municipal irão receber o pagamento do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), no valor de R$ 1 mil, totalizando mais de R$ 13 milhões. A Prefeitura de Manaus anunciou que o pagamento será realizado na próxima terça-feira (29), e o valor investido na valorização dos professores da Secretaria Municipal de Educação (Semed), totaliza mais de R$ 33,2 milhões.

“Nossa gestão é marcada por valorizar os profissionais da educação, tanto que neste ano pagamos o 14º salário para os professores que alcançaram as metas do Ideb e, pela primeira vez, também pagamos o 15º salário para todos os professores da educação infantil. Além das premiações e progressões por tempo de serviço ou titularidade, decidimos repartir o valor que sobrou do Fundeb entre os educadores que trabalham nas escolas”, afirmou o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto.

A legislação determina que somente funcionários de escola recebam o benefício do Fundeb, entre professores, técnicos administrativos, pedagogos e os demais funcionários que estejam efetivamente envolvidos com as atividade dentro das salas de aula. Em razão da legislação eleitoral deste ano, o município de ficou impedido de usar recursos do Tesouro para contemplar o benefício aos demais educadores da Semed.

“Ressaltamos que esse benefício do Fundeb não é o único pago pela prefeitura. Também pagamos o 14º e 15º salários para professores que alcançam metas, além das constantes progressões de carreiras. Incentivando os professores e investindo em infraestrutura conseguimos em oito anos elevar a educação básica de Manaus do 23º para o nono lugar no Ideb”, explicou a secretária municipal de educação, Kátia Schweickardt.

De acordo com a Semed, 2.151 servidores municipais receberam os benefícios do 14º e 15º salários, totalizando mais de R$ 8,1 milhões pagos. Além disso, 2.541 servidores foram beneficiados com progressões, somando um benefício de R$ 48,8 milhões.

(*) Informações Assessoria