Prefeito apresenta projetos e BNDES mostra interesse de parceria em mobilidade e iluminação

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), esteve reunido nessa terça-feira (5), com todo o corpo técnico das áreas de Gestão Pública e Socioambiental, de Saneamento e Transporte, além de Mobilidade Urbana, do Banco de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), localizado no centro da capital do Rio de Janeiro.

Arthur conheceu as novas linhas de crédito do BNDES e apresentou alguns dos projetos de Manaus para o melhoramento da mobilidade urbana, contemplando ações de macrodrenagem, além da modernização da iluminação pública da cidade, já considerada, proporcionalmente, a capital do LED no Brasil.

“Em 2018, com o país dando os primeiros sinais de crescimento econômico, queremos começar a colocar em execução os nossos projetos mais ousados, investindo pesado em infraestrutura e mobilidade”, afirmou o prefeito, destacando a capacidade de endividamento de Manaus, classificada na categoria “A”, pelo Tesouro Nacional.

O prefeito estava acompanhado da primeira-dama, Elisabeth Valeiko; do secretário municipal de Finanças (Semef), Lourival Praia; e também do superintendente da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), Orlando Holanda. A comitiva municipal foi recebida pela diretora de todas as áreas ligadas à Infraestrutura do Banco, Marilene Ramos.

Segundo o secretário da Semef, Lourival Praia, Manaus tem capacidade de contrair empréstimos financeiros superior a R$ 4 bilhões, e atualmente, utiliza algo em torno de 30% desse potencial. “Temos margem e temos segurança financeira, graças a política fiscal responsável adotada nos últimos anos e que agora começará a dar frutos para os manauaras, por meio de parcerias que irão aumentar a capacidade de investimento do Município”, explicou.

Para o BNDES, Manaus tem excelentes chances para conseguir a liberação dos recursos, uma vez que tem planos de investimentos bem delimitados e não pulverizadas. “É nosso interesse apoiar os municípios e as propostas de Manaus são bastante avançadas naquilo que nós esperamos de um poder público. Na iluminação, por exemplo, é possível fazer com novas tecnologias gerem ainda mais economia ao município, ao mesmo tempo em que vai aumentar a sensação de segurança na população com ruas mais bem iluminadas, projeto que já vem sendo desenvolvido em Manaus e que pode melhorar ainda mais”, afirmou a diretora do Banco, Marilene Ramos.

Na área de Mobilidade Urbana, dependendo do projeto, Manaus pode conseguir até 80% de financiamento do valor total apresentado, com prazo de 14 a 20 anos para pagamento. Outras reuniões técnicas entre a prefeitura e a instituição financeira serão realizadas para dar o melhor direcionamento das propostas.

A reunião também contou com a participação do superintende da área de Gestão Pública e Socioambiental do BNDES, Gabriel Visconti; da superintende da área de Saneamento e Transporte, Luciene Machado; e do chefe do departamento de Mobilidade Urbana, Arian Bechara.

Gestão responsável

Pela manhã, o prefeito Arthur Virgílio Neto foi o principal palestrante na reunião do Conselho Diretor da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ), realizada na Casa do Empresário, também no centro do Rio de Janeiro.

Com a temática “Políticas Públicas”, o prefeito fez um breve histórico dos principais avanços de Manaus nos últimos anos, no que diz respeito à organização administrativa e econômica da capital do Amazonas, destacando a política austera, com redução de gastos, aumento da arrecadação e qualificação dos investimentos. Arthur também falou de como Manaus conseguiu enfrentar uma das grandes crises econômicas do Brasil, mantendo seu orçamento equilibrado e alcançando maturidade institucional.

Fotos: Mário Oliveira / Semcom