Prefeito Beleza diz que denúncia do MP é “ataque de período eleitoral” (ver vídeo)

O prefeito de Barcelos, José Ribamar Fontes Beleza, que acumula condenações do Tribunal de Contas da União (TCU), que aparece na lista de reprovados do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM), e que somente neste mês já foi denunciado duas vezes pelo Ministério Público do Estado (MPE-AM), está distribuindo áudios em grupos de Whatsapp onde classifica as reportagens sobre as irregularidades denunciadas pelo MPE-AM de “acusações de campanha”.

“Está havendo um movimento muito grande porque está chegando as eleições e eu devo ser candidato. Então já começam a fazer esse tipo de acusações contra mim. Sempre foi assim, quando chega perto da campanha, começam essas acusasões”, afirma Beleza.

A reação do prefeito é contra duas reportagens que dão transparência às irregularidades cometidas por ele na administração da prefeitura de Barcelos, a primeira mostra que o MPE-AM acusa Beleza de formação de quadrilha e desvio de R$ 6,1 milhões entre os anos de 2012 a 2016; a segunda é uma determinação para ele devolver R$ 65 mil pagos à uma servidora fantasma da prefeitura. Tudo devidamente captado pelo Radar.

Em outro trecho da gravação, Beleza declara que numa administração “nem tudo está certo” e tenta desqualificar o trabalho jornalístico de apuração. “Fui um prefeito que procurei fazer tudo direitinho. Às vezes nem tudo está certo. Isso é uma denúncia do Ministério Público e temos que respeitar e acatar. (…) Não pratiquei essas coisas; não fiz isso e vou procucar colocar essa documentação para a justiça avalair essas coisas que saem nesse blogs que falam de todo mundo”, diz Beleza.

Figurinha repetida

Pesquisa rápida no Portal da Transparência do TCU indica pelo menos dez processos contra o prefeito Beleza por irregularidades na aplicação de dinheiro público. Já no Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM) o prefeito aparece com contas reprovadas nos processos Nº 2789/2012, quando foi prefeito a primeira vez de Barcerlos, e também o processo Nº 11626/2015, como ordenador de despesas do Fundo Municipal de Saúde de Barcelos. Veja lista geral das contas reprovadas enviadas ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), clique aqui.

Na atual administração o prefeito Beleza já acumula o atraso na prestação de contas da prefeitura dos meses de janeiro a junho, segundo dados do Portal da Transparência do TCE-AM, clique aqui.

Confira abaixo o áudio do prefeitos