Prefeito de Eirunepé é investigado por se promover em entrega de ambulâncias e viaturas (ver vídeo)

O Ministério Público Estadual (MPE) vai investigar o prefeito de Eirunepé (a 1.159 quilômetros de Manaus) Raylan Barroso Alencar (PROS) por se autopromover em festa para entregar viaturas da Polícia Militar, ambulâncias e micro-ônibus enviados pelo Governo do Estado ao município. A informação consta na publicação dessa quarta-feira (5), no Diário Oficial do MPE. (Veja a portaria no final da matéria)

“O objeto do inquérito é apurar o ato de improbidade administrativa no que tange às condutas de autopromoção e afronta aos princípio da impessoalidade, moralidade e publicidade, praticado pelo gestor em frente à Prefeitura Municipal de Eirunepé”, explicou o promotor Justiça Timóteo Ágabo de Almeida.

Para abrir o inquérito, o promotor considerou que os veículos chegaram ao município no dia 30 de outubro deste ano, mas só foram entregues durante realização de uma grande festa, dia 03 de novembro, com a queima de fogos de artifício, “caracterizando a conduta de autopromoção do atual prefeito municipal”.

Inclusive no dia da cerimônia, foi publicado um vídeo no perfil institucional da prefeitura nas redes sociais, onde Raylan Barroso agradeceu a parlamentares pela aquisição dos veículos. (Veja o vídeo no final da matéria)

Segundo a publicação do MPE, antes de serem entregues para o atendimento à população, os veículos permaneceram retidos na residência de Raylan por determinação do próprio prefeito, o qual teria ordenado que elas só fossem entregues às secretarias após o seu retorno ao município.

O membro do MP também considerou que a conduta configura grave afronta aos princípios que regem a Administração Pública e a necessidade de apuração dos fatos e especificação de todos os envolvidos.

Após as alegações, Timóteo Ágabo de Almeida determinou o envio de ofícios às Secretarias Municipais de Saúde e de Segurança Pública do Estado para que prestem informações sobre a denúncia.

Confira a portaria n° 017/2018

Confira o vídeo na íntegra: