Prefeito de Itacoatiara contrata serviços de pavimentação por mais de R$ 7,3 milhões

Foto: Reprodução/ Prefeitura de Itacoatiara

Quatro meses após ter uma licitação de contratação de empresa para realização de asfaltamento suspensa pela Justiça e a praticamente um mês das eleições municipais, o prefeito de Itacoatiara, Antônio Peixoto (PT), mais uma vez está tentando realizar a ‘compra’ do serviço. Desta vez, o conhecido dos órgãos de controle pagará mais de R$7,3 milhões, conforme publicado no Diário Oficial dos Municípios dessa terça-feira (13). (Confira o documento no fim da matéria)

A contratada para realizar serviços de “Pavimentação em Concreto e Asfáltica” pelo valor de R$7.383.394,69 (sete milhões, trezentos e oitenta e três mil, trezentos e noventa e quatro reais e sessenta e nove centavos) será a empresa ‘Costaplan Construções Ltda’, que fica localizada no loteamento Jardim Versales na capital, distante 175.89 quilômetros de Itacoatiara.

De acordo com informações da Receita Federal, a empresa -cujo capital social (investimento inicial) é de R$2.200.000,00 (dois milhões, duzentos mil reais) – declara ‘construções de edifícios’ como sua atividade econômica principal e possui dois sócios: Antonio Carlos Goulart e Euraney da Silva Costa.

Foto: Receita Federal/ Reprodução

Apesar das breves informações fornecidas nos documentos oficiais, os tipos de serviços, as quantidades de ruas, o número de bairros contemplados pela ação do prefeito não foram informadas.

Posicionamento do prefeito

Por isso, o Radar procurou a assessoria de comunicação do município de Itacoatiara, tentou contatar o gabinete da prefeitura (utilizando números disponibilizados em um documento da Associação Amazonense de Municípios) e encaminhou mensagens através das redes sociais oficiais) a fim de questionar as informações pendentes.

Durante esse processo, a assessora de comunicação leu as mensagens eletrônicas enviadas através de aplicativo pela reportagem, mas não respondeu. Além disso, o número do gabinete consta como indisponível e as mensagens das redes sociais sequer foram lidas.

Antecedentes

Foto: Reprodução Internet

Esta não é a primeira vez que a contratação de serviços de infraestrutura realizada por Antônio Peixoto chama atenção. Em junho deste ano, a 3ª Vara de Itacoatiara determinou, liminarmente, a suspensão imediata a contratação de uma empresa para a realização de asfaltamento no município, pelo valor estimado em R$ 20 milhões, por suspeita de fraude na licitação.

Na época, o juiz afirmou que havia fortes indícios de que a concorrência teria sido direcionada a uma empresa específica participante do certame.

Além desse caso, o prefeito já gastou milhões em combustível para atender seu gabinete, realizou contratação sem licitação e até foi afastado devido a uma fraude em um outro processo licitatório.

Mesmo tendo uma gestão marcada por escândalos, Peixoto está concorrendo mais uma vez à reeleição para prefeitura do município.

CNPJ da empresa Costaplan

Confira a publicação do diário na íntegra: