Prefeito de Lábrea gastará mais de R$ 9,7 milhões com asfaltamento, mas não diz onde

O contrato tem a duração de 210 dias e custará mais de R$9,7 milhões aos cofres públicos 
Foto: Reprodução/Web

O prefeito de Lábrea, Gean Campos de Barros (MDB), gastará mais de R$9,7 milhões em obras de recapeamento asfáltico no município que fica a 855 km da capital. A informação, consta no Termo de Contrato Nº 001/2021, publicado no Diário Oficial Eletrônico dos Municípios nesta quarta-feira (19) (Confira o documento no fim da matéria). No extrato, não há informações suficientes sobre onde serão as obras, a quantidade de ruas, bairros e áreas do município que serão contempladas pelo serviço, e nem sobre a empresa que prestará o serviço pelo prazo de 210 dias.

As obras e serviços de engenharia serão executadas pela Advisor Assessoria Empresarial Eireli no valor global de R$ 9.730.005,39  (nove milhões, setecentos e trinta mil, cinco reais e trinta e nove centavos) .

Entretanto, apesar do documento informar o nome da contratada, ele não aponta o CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica), o que impossibilita encontrar mais informações formais sobre a empresa, como a data de fundação, quadro de sócios e o comprovante de inscrição.

Mesmo assim, o Radar realizou buscas virtuais do nome da empresa e a partir disso, conseguiu encontrar o número do CNPJ, usá-lo no site da Receita Federal e identificar as informações. Constatou-se que a Advisor, inscrita no Nº 30.190.353/0001-62, foi fundada em 2018 e é administrada por apenas uma pessoa, Samuel Monteiro Neves e possui o capital social (investimento inicial) de R$1.8000.000,00 (hum milhão, oitocentos mil). A empresa “faz-tudo” tem pelo menos 20 atividades cadastradas em seu CNPJ, entre elas as funções de comércio atacadista de roupas, impressão de livros e obras de engenharia civil. (veja documento no final da matéria)

As informações da empresa constam no site da Receita Federal

Já no que diz respeito aos detalhes dos serviços previstos, a reportagem procurou a assessoria de comunicação da Prefeitura de Lábrea através do endereço eletrônico e número de telefone informados no site do município e em redes sociais oficiais. Até a publicação desta matéria não recebemos respostas.

Prefeito alvo de investigações  

Gean Campos de Barros, reeleito à prefeitura de Lábrea no ano passado, já é alvo de investigações há anos.  Conforme foi noticiado pelo Radar, em 2018 ele teve R$ 1,4 milhão em bens e valores bloqueados pela Justiça Federal. O bloqueio atendeu a um pedido do Ministério Público Federal (MPF-AM) no Amazonas, por improbidade administrativa devido irregularidades na execução de um convênio firmado entre a Prefeitura de Lábrea com o Governo Federal.

No início do mesmo ano, a Justiça Federal no Estado também já tinha bloqueado R$ 1.6 milhão do prefeito Gean Barros novamente por improbidade. O valor correspondente aos recursos recebidos do Governo Federal que não tiveram prestação de contas apresentada pelo gestor municipal.

Confira o Termo de Contrato na íntegra 

Confira o documento da empresa na íntegra