Prefeito de Manaus testa positivo para coronavírus, mas não apresenta gravidade até o momento

Foto: Reprodução

O prefeito de Manaus, Arthur Neto, acaba de testar positivo para coronavírus. Ele foi a um hospital local fazer exames após apresentar sintomas de resfriado forte, principalmente tosse.

Segundo boletim do hospital, o prefeito não está em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e nem precisou ser aplicada a respiração invasiva, ou seja, o prefeito não está precisou ser “entubado”.

Informações que chegam do hospital dão conta de que o quadro clínico do prefeito é estável e ele está sendo medicado.

Segundo nota divulgada pela prefeitura que acaba de chegar ao Radar o Prefeito de Manaus se encontra hemodinamicamente estável, sem necessidade de drogas vasoativas, mantendo boa saturação de oxigênio em ar ambiente, realizando VNI com boa resposta. Lúcido e orientado recebendo medicações por via oral conforme protocolo institucional.

VNI é o método de ventilação não invasiva e, seguindo recomendação da equipe médica, o prefeito seguirá em observação nas próximas 24h

Orientação

Em nota, a Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom) informou que a Prefeitura cumpre todos os protocolos dos órgãos de saúde com monitoramento do secretariado e demais autoridades que tiveram contato direto com o prefeito de Manaus na inauguração do complexo viário Ministro Roberto Campos, na avenida Constantino Nery, realizada na tarde de segunda-feira.

Mesmo havendo o distanciamento do prefeito com o público, a população que compareceu ao local, caso apresente algum sintoma, poderá buscar atendimento preferencial e fazer a testagem para a doença na recém-inaugurada Clínica da Família Carmen Nicolau, localizada no bairro Lago Azul, zona Norte, bem atrás do Centro Integrado Municipal de Educação (Cime) onde foi montado o hospital de campanha municipal.