Prefeito de Tabatinga vai gastar R$ 7,4 milhões com combustível e suprimentos de informática

O prefeito de Tabatinga (a 1.107 quilômetros de Manaus), Saul Nunes Bemerguy (PSD) vai gastar mais de R$ 7,4 milhões com aquisição de combustível e suprimentos de informática. Os dois extratos da Ata de Registro de Preço (ARP) com as informações foram publicados no Diário Oficial dos Municípios, na edição dessa quarta-feira (20).

Para justificar os gastos milionários, o prefeito alega que é “para atender as necessidades das secretarias municipais da Prefeitura de Tabatinga”. Enquanto isso, o Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM) emitiu no mês passado, um alerta à prefeitura por não investir nem o mínimo em Educação e Saúde no município.

Segundo o extrato de ARP n° 007/2019 vinculado ao Pregão Presencial de mesma numeração que trata sobre aquisição de combustível, quatro empresas foram vencedoras e irão fornecer o produto ao município. Juntas, elas devem custar mais de R$ 3,1 milhões dos cofres públicos.

Desse montante, o Posto Irmãos Nunes de CNPJ 24.281.318/0001-56, com sede em Tabatinga, ficará com R$ 1,7 milhão e a empresa A. S. de Oliveira Comércio de Combustíveis, inscrita no CNPJ 11.777.957/0001-65, que fica em Carauari (a 788 quilômetros de Manaus) receberá o valor global de R$ 1,1 milhão.

As outras duas empresas que também venceram a licitação –  André Almeida da Silva Comércio de CNPJ nº 19.244.926/0001-50 e a W Santos Chaves -EPP inscrita no CNPJ nº 21.860.768/0001-05, ambas com sede em Tabatinga – devem receber R$ 265,7 mil e R$ 26,5 mil, respectivamente, para fornecer o combustível.

Suprimentos de informática

Além disso, a Prefeitura de Tabatinga também publicou o extrato de ARP Nº 013/2019 que trata sobre aquisição de suprimentos de informática. Duas empresas foram selecionadas nesta licitação e vão custar mais de R$ 4,2 milhões aos cofres públicos.

De acordo com a publicação, a empresa L S Comércio de Computadores Ltda-ME de CNPJ 10.638.365/0001-08 com sede na cidade, receberá o valor global de R$ 2,9 milhões para prestar o serviço. Já empresa Lucas e Tavera Construções Ltda-ME, inscrita no CNPJ 08.717.898/0001-25, que fica em Benjamin Constant (a 1.119 quilômetros de Manaus) ficará com o restante na ordem de R$ 1,3 milhão.

Conforme os dois extratos, os contratos de combustível têm validade por apenas seis meses e dos suprimentos de informática por um ano. Todos foram assinados pelo prefeito Saul Bemerguy, nessa terça-feira (19).  

Procurada pelo Radar, a Prefeitura de Tabatinga não se manifestou até o fechamento desta matéria.

Confira os extratos de ARP n° 007/2019 e Nº 013/2019