Prefeito dispensa licitação para ter ‘sofrência’ de Israel Novaes em Benjamin Constant

Em período de crise financeira que afeta em cheio as áreas da saúde, segurança e educação, muitos gestores do interior do Amazonas insistem em gastar dinheiro público com festas que não trazem benefício algum para o município. É o caso do prefeito de Benjamin Constant (a 1.119 quilômetros de Manaus), David Nunes Bermeguy (PR) que contratou sem licitação o show do cantor Israel Novaes por mais de R$ 76 mil. O artista da ‘sofrência’ foi contratado para participar do aniversário de emancipação da cidade.

A apresentação da atração nacional foi garantida sem licitação com a empresa E. A de Novaes Eirelli, inscrita no CNPJ n° 28.587.709/0001-54. Segundo o site da Receita Federal, a empresa tem sede em Goiânia e possui como administrador Everaldo Alves Novaes, pai de Israel.

O despacho de inexigibilidade de licitação assinado pelo prefeito David Nunes Bermeguy no último dia 6, foi publicado no Diário Oficial dos Municípios do Amazonas, nessa segunda-feira (13). (Veja documento no final da matéria)

Segundo a publicação, o cantor foi contratado para participar “das festividades do aniversário de 122 anos de emancipação do município de Benjamin Constant, que será realizado no dia 29 de janeiro de 2020” no valor global de R$ 76.315,79 (setenta e seis mil trezentos e quinze reais e setenta e nove reais centavos).

Inelegível 

Em maio de 2019, o prefeito David Nunes Bermeguy teve os direitos políticos suspensos por três anos por improbidade administrativa pelo Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM). Com a decisão, ele também ficou inelegível e não poderá concorrer às eleições para a prefeitura do município neste ano.

Confira documento na íntegra