Prefeito diz pra Amazonino parar de tentar fraudar as eleições e sair do poder com decência (ouvir áudio)

Em tom bem mais duro que o habitual, o prefeito de Manaus, Arthur Neto, se manifestou publicamente contra o comportamento do governador e candidato à reeleição, Amazonino Mendes, apontando tentativa do governador de fraudar as eleições e continuar no poder a qualquer custo. “O governador Amazonino deve entender que está na hora de sair da ribalta. Ele está atrapalhando o Amazonas. Ele é inimigo de Manaus. Ele não respeita o nosso povo. Ele não respeita as nossas tradições e pensa que ainda está na época de se fraudar eleições como ele fez comigo em 1986. Não há mais espaços para isso”.

O prefeito manifestou sua indignação com a tentativa da coligação do atual governador de imputar ao seu adversário um suposto crime eleitoral apenas com o intuito de ganhar a eleição no “tapetão” As imagens vêm sendo divulgadas nas redes sociais e com base nelas os advogados da coligação de Amazonino entraram com pedido de impugnação da candidatura de Lima.

Arthur diz que a estratégia de inventar que o candidato Wilson Lima, que lidera as pesquisas de intenção de votos com larga vantagem, teria estado no município de Codajás e aliciado uma pessoa para comprar votos em seu nome, é típica de uma cabeça doente. “Adoeceu pela ânsia demasiada de poder”. E ele dá um conselho ao atual governador: “Fique, literalmente, na sua. Saia de um ambiente que não é mais seu. Abandone um poder que você não está exercendo com correção e, sobretudo, entenda que a mensagem do povo é cristalina, a de que tem que renovar”, afirmou.

“Você Amazonino, está fora! Você deve respeitar o povo. Respeite seus adversários, respeite seus aliados, que eles ainda existem, mas sobretudo perceba que não adianta, o que fizer servirá apenas para sujar, manchar ainda mais a sua imagem. A imagem de quem não sabe respeitar o Amazonas e quem não sabe se portar corretamente diante do Brasil e de quem se tornou o inimigo número um da cidade de Manaus”, ressaltou.

Arthur Virgílio Neto disse ainda esperar que todos possam ser capazes de fazer dessa eleição algo que tenha um final pacífico e correto. “Porque o povo já decidiu. O governador chama-se Wilson Lima, goste Amazonino ou não goste. O importante é termos consciência que chegou a hora do basta. Basta Amazonino, saia com decência, respeite a decisão do povo”, afirmou.

O prefeito disse, ainda, que espera que o novo governador saiba compreender e saiba dar o melhor de si e obter o melhor resultado na gestao do Estado e concluiu: “eu não torço contra o Amazonino, eu torço a favor do Amazonas”.