Prefeito envia projeto à Câmara Municipal de Manaus para fazer empréstimo de R$ 470 milhões

FOTO: ROBERVALDO ROCHA / CMM

O prefeito de Manaus, David Almeida, quer autorização dos vereadores para fazer empréstimo junto ao Banco do Brasil de R$ 470 milhões. O projeto de Lei nº 126/2021 (ver projeto no final da matéria) foi deliberado na Câmara Municipal de Manaus (CMM), nessa quarta-feira (07), e começou a tramitar na Casa Legislativa, sendo enviado para à Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final para parecer de legalidade e constitucionalidade.

O prefeito justifica o endividamento do município ao contrair empréstimo junto ao Banco do Brasil, alegando que os recursos de quase meio bilhão são necessários para o Programa de Melhoria da Infraestrutura Urbana e Tecnológica do Município de Manaus – PROMINF/Manaus.

No projeto, o prefeito aponta ainda a necessidade do montante milionário para “aquisição de equipamentos e mobiliários para Modernização Administrativa e Fiscal”, mas não entra em detalhes sobre os investimentos.

Segundo informações de fontes do Radar Amazônico no Legislativo Municipal, o prefeito queria a aprovação do projeto em regime de urgência, com reuniões conjuntas das comissões e aprovação do plenário no mesmo dia, mas não conseguiu.

Veja o projeto na íntegra