Prefeitura amplia pontos estratégicos de vacinação contra o sarampo

Para ampliar as ações de varredura vacinal contra o sarampo, a Prefeitura de Manaus irá instalar postos de vacinação em locais estratégicos no bairro Jorge Teixeira, zona Leste. O público-alvo são pessoas na faixa etária de seis meses a 49 anos que não receberam a vacina tríplice viral, que imuniza contra sarampo, rubéola e caxumba, nas varreduras de casa em casa realizada no bairro e que já atingiu 392 quarteirões. A nova estratégia também será ampliada para o bairro Cidade Nova, na zona Norte, onde também está ocorrendo varredura vacinal e que chegou a 296 quarteirões.

A ação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) vai acontecer de segunda a sexta-feira, das 14h às 20h, e aos sábados, das 8h às 13h, com postos atendendo a população em locais como mercearias, residências e igrejas. Uma equipe de saúde fará a avaliação da situação vacinal e a recomendação é para que a população apresente, preferencialmente, o cartão de vacina e um documento de identidade.

A estratégia foi definida durante reunião de avaliação da segunda etapa do Plano de Intensificação Contra o Sarampo em Manaus, iniciado no dia 16 de julho, e que foi realizada nessa quinta-feira (26), com a presença de representantes da Semsa, da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Ministério da Saúde e Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS). Durante o encontro, técnicos dos Distritos de Saúde (Disas) Leste, Oeste, Sul, Rural e Norte apresentaram uma avaliação das ações realizadas em cada zona de Manaus.

Outra estratégia a ser adotada é o reforço de equipes de vacinação nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), que estão recebendo uma grande demanda. Vale destacar, que a prefeitura mantém dez UBSs funcionando em horário ampliado, de segunda a sexta-feira, das 7h às 21h e, aos sábados, das 8h às 12h, inclusive com vacinação, neste caso, das 8h às 20h e, aos sábados, das 8h às 11h.

Além das ações de varredura vacinal no Jorge Teixeira e no Cidade Nova, a Semsa segue realizando ações em escolas. A meta é vacinar alunos de 323 escolas municipais. Equipes da FVS estão realizando a mesma ação em 234 escolas estaduais.