Prefeitura de Manaus vai gastar R$ 140 milhões com sete empresas diferentes na compra de pedra e brita

Imagem ilustrativa

Apesar das denúncias feitas ao Radar, quase que diariamente, de ruas esburacadas por toda a cidade de Manaus, surgem a cada mais gastos milionário da Prefeitura de Manaus destinados à pavimentação de vias. Após gastos de R$ 310 milhões com 15 empresas diferentes para fazer asfaltamento, agora a Prefeitura de Manaus vai gastar mais de R$ 140 milhões com sete empresas diferentes para comprar pedra e brita destinadas aos serviços de pavimentação que serão executados pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf).

O Radar encontrou os extratos do contrato no Diário Oficial da Prefeitura de Manaus dessa quinta-feira (8) (veja documentos no final da matéria). O que chama atenção é que cada empresa vai ganhar o mesmo valor de R$ 20.217.463,40 (vinte milhões duzentos e dezessete mil quatrocentos e sessenta e três reais e quarenta centavos).

De acordo com o extrato assinado pelo secretário da Seminf, Renato Frota Magalhães, o prazo de vigência do contrato será de 12 meses.  Mas essa não é a primeira vez que a Prefeitura contrata várias empresas, para o mesmo serviço, e paga exatamente o mesmo valor, dando indício de combinação de preços, o que fere a livre concorrência.  Em março deste ano o Radar noticiou que a prefeitura contratou 15 empresas por R$ 310 milhões para realizar o mesmo serviços de pavimentação nas ruas da cidade.

Junto com o gasto de milhões pela destinados ao asfaltamento, a prefeitura gasta ainda com a propaganda de que Manaus se tornou um canteiro de obras e dez mil ruas estariam sendo asfaltadas, o que é desmentido pelas denúncis que chegam ao Radar.

As empresas

Conforme a publicação no Diário as empresas são; Astec Construção e Tecnologia LTDA-EPP; Mabole Construção e Comércio LTDA; Barros Fonseca Comércio Varejista  de Materiais de Construção; HEPTA MIX Eireli; Nale Engenharia LTDA e Tevan Comercial Eireli PP

De acordo com as informações que o Radar chegou na Receita Federal, a empresa Astec Construção e Tecnologia pertencente aos sócios Alex Pinatto e Amanda Rodrigues Pinatto. A sede da empresa está localizada no bairro Adrianópolis, na avenida Via Láctea, que por coincidência ou não, foi uma das primeiras vias da cidade a receber o novo asfalto.

Já a empresa Mabole Construção A Tevan Comercil Eireli EPP pertence a Simone Vannini e está localizada no bairro Petrópolis, zona Sul de Manaus. A Mabole Construções pertence aos sócios Manoel Gomes Leal Neto e Gabriel Bento da Silva Leal. A sede está localizada no bairro Parque 10 de Novembro, zona Centro-sul de Manaus.

A empresa Delta Comercio pertence aos sócios Elmar Alves de Queiroz e Eliana Peres de Souza. A  sede da empresa está localizada na avenida Governador Carlos Santos no Centro de Manaus. A empresa Nale Engenharia pertence a Heraldo Lima Galvão e está localizada na avenida Silves, bairro Crespo, zona Sul de Manaus.

A Hept Mix pertence a Kaique Isaias dos Santos Figueiredo e está localizada na avenida Dr. Theomario Pinto da Costa, no bairro Chapada, zona Centro-Sul de Manaus. A empresa Barros e Fonseca pertence aos sócios Waldomiro Correa Filho e a Maria do Amparo Fonseca. A sede da empresa está localizada na avenida Djalma Batista, também no bairro Chapada.

Veja os extratos na íntegra

confira o documento das empresas