Após anunciar show do padre Antônio Maria por R$ 500 mil, Prefeitura de Urucurituba corrige valor para R$ 118 mil

O padre Antônio Maria foi contratado para se apresentar na Festa do Divino Espírito Santo, em Urucurituba, que deve ser realizada em agosto deste ano

 

urucurituba padre

Foto: Reprodução

O prefeito de Urucurituba (a 273 quilômetros de Manaus), José Claudenor Castro de Pontes, o “Sabugo” (PT), cometeu uma gafe após anunciar a contratação do show do padre Antônio Maria por R$ 500 mil, quando na verdade, o valor seria de R$ 118 mil. O padre vai se apresentar na Festa do Divino Espírito Santo, que deve ser realizada em agosto deste ano, no município.

O valor inicial do cachê foi divulgado nessa quinta-feira (12) pela Prefeitura de Urucurituba, no Diário Oficial dos Municípios do Amazonas. Entretanto, o prefeito “Sabugo” divulgou uma reconsideração nesta sexta-feira (13).

Vale ressaltar que o prefeito contratou a empresa Cana Produções e MS LTDA., com inexigibilidade de licitação, para trazer o show do padre Antônio Maria para a Festa do Divino Espírito Santo, em Urucurituba. Segundo a assessoria do padre, o valor do cachê depende da localidade da apresentação.

A empresa Cana Produções e MS LTDA é localizada na rua Dona Gertrudes Jordão, em Jaraguá, São Paulo (SP), e administrada por Orlando Messias da Silva e Terezinha Maria da Silva.

Polêmicas

Esta não é a primeira vez que “Sabugo” protagoniza uma polêmica. Recentemente, conforme noticiado pelo Radar Amazônico, ele anunciou que vai gastar mais de R$ 700 mil nos shows da dupla sertaneja Bruno e Marrone e do grupo de pagode, Sorriso Maroto, atrações da 17ª Festa do Cacau, marcada para acontecer os dias 15, 16, 17 e 18 de junho de 2022.

A contratação fez o Ministério Público do Amazonas (MPAM) entrar com uma Ação Civil Pública (ACP) pedindo o cancelamento dos shows dos sertanejos e de pagode. A ação foi proposta pelo promotor de Justiça, Kleyson Nascimento Barroso.

Além disso, em fevereiro deste ano, a Justiça do Amazonas barrou o aumento salarial do prefeito, vice-prefeito, vereadores e secretários municipais de Urucurituba. A decisão foi assinada pela Janeiline de Sá Carneiro. Na ocasião, o salário do prefeito iria de R$ 18 mil para R$ 20 mil.

Diário Oficial (12/05)

Diário Oficial (13/05)

Cana Produções e MS LTDA