Prefeitura desmente boatos de exoneração

O prefeito de Manuas, Arthur Neto, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) rechaçou, nesta quinta-feira (21), qualquer ameaça de exoneração para os servidores da educação. Em nota, a secretaria informou que nunca houve algum tipo de ameaça de exoneração e o diálogo está sendo mantido de forma aberta com os educadores municipais.

A Semed informou que reconhece nas negociações e nas conversas sem motivações político-partidárias o caminho correto para a construção das políticas educacionais do Município. “A secretaria espera a colaboração dos servidores da educação municipal para que se mantenham em sala de aula e não prejudiquem o calendário escolar dos alunos”, diz a nota.

Ainda de acordo com a nota enviada, a secretaria destacou que há uma relação amigável entre a classe e a prefeitura. “A Semed reafirma a boa relação institucional com a classe e com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Amazonas (Sinteam) quanto à aplicação dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para a incorporação salarial aos seus educadores, por meio do pagamento das progressões de titularidade e tempo de serviço, além do reenquadramento”, segundo a nota.

“Medidas judiciais já estão sendo tomadas contra o site que fez a publicação, espalhando tais boatos e desferindo ataques diretos ao trabalho desenvolvido pela Semed”, concluiu.