Prefeitura intensifica obras de ampliação da Galeria dos Remédios

Funcionando desde 2016, retirando das ruas do Centro e capacitando 180 empreendedores, a Galeria dos Remédios, localizada na rua Miranda Leão, passa por nova intervenção. A obra, que vai acrescentar cerca de 3,4 mil metros quadrados ao centro de compras populares, está sendo realizada por administração direta, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf).

Segundo o secretário de Infraestrutura, Kelton Aguiar, a ampliação irá movimentar ainda mais a o espaço, impactando de forma positiva a venda dos microempreendedores beneficiados pelo projeto “Viva Centro Galerias Populares”.

“Serão mais 310 boxes, ou seja, o mesmo número de empreendedores será beneficiado com nova estrutura e nova clientela. Tudo isso estimula e oportuniza novos negócios, transformando a vida dessas famílias. Essa é a determinação do prefeito Arthur Virgílio Neto e vamos trabalhar, incansavelmente, para cumpri-la”, destacou Kelton.

Com a entrega das novas áreas, a previsão é de que haja maior fluxo de pessoas, pois o local ganhará entrada pela rua dos Barés. Atualmente os trabalhos estão na fase de finalização da pintura de boxes da segunda etapa da galeria. A terceira etapa do espaço precisou ser demolida para novo projeto estrutural, mas já recebe as equipes de obras para a confecção do piso e forro.

Oportunidade

O projeto “Viva Centro Galerias Populares” teve início em fevereiro de 2014, com meta de retirar das ruas 2.082 camelôs cadastrados, ação fundamental para a requalificação do Centro Histórico de Manaus. Todos os ex-camelôs cadastrados já deixaram as ruas e praças da área central da cidade, tornando-se microempreendedores nas Galerias Populares Espírito Santo, Remédios e Shopping Phelippe Daou, além daqueles que aguardam nos camelódromos provisórios e, com o fim das obras, ocuparão as segunda e terceira etapas da Galeria dos Remédios.

Fotos: Márcio James /Semcom