Prefeitura realiza mobilização do Setembro Amarelo em Manaus

Para marcar o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, celebrado nessa terça-feira (10), a Prefeitura de Manaus realizou uma mobilização do Setembro Amarelo. Na ocasião, servidores municipais se reuniram para um ato simbólico em frente à sede, na Compensa, zona Oeste, e posaram para uma foto com camisas amarelas.

O prefeito de Manaus Arthur Virgílio Neto, juntamente com a presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, também participaram do ato. Para Arthur, participar de alguma forma dessa mobilização é importante para se debater o assunto e criar oportunidades para tirar o tema da obscuridade. Segundo ele, é preciso levantar a questão e ajudar as pessoas a superarem o mal da depressão, cada vez mais crescente.

“Eu mesmo me vi entrando em um processo de depressão em 2010, quando me ‘assaltaram’ aquele mandato de senador e acabei indo para Lisboa, para ser conselheiro político da embaixada brasileira. Era uma cidade linda e, no entanto, eu não estava alegre, me sentia depressivo. Mas eu voltei para minha vida, meu habitat e minha luta. Esse foi meu remédio. Depressão é uma doença que precisa ser entendida e tratada”, contou o prefeito.

A titular da Secretaria da Mulher, Assistência Social e Cidadania, Conceição Sampaio, também participou da mobilização e chamou a atenção para que o tema seja debatido permanentemente, e não só durante o mês de setembro.

“É preciso combater a depressão e o suicídio também com políticas públicas, a exemplo do que o prefeito Arthur faz, com melhoras na saúde, na educação, na assistência social”, explicou Conceição.

Desde que foi criado no ano de 2015, o Setembro Amarelo busca conscientizar as pessoas para que possam evitar casos de suicídio, usando da melhor ferramenta, a educação.